Espalhe!
  • Bate Papo 0
    Ricardo Romanelli

    09 de Janeiro de 2019 por Ricardo Romanelli

    Com retrospecto de 22 vitórias e 19 derrotas em 41 jogos na temporada, o Lakers chegou à metade exata do campeonato e tem mais 41 partidas para melhorar de desempenho e garantir uma vaga nos Playoffs do Oeste. Para isso, precisa bater o Detroit Pistons, time que também faz campanha oscilante na conferência Leste, e com quem já disputamos três finais da NBA (1988, 1989 e 2004).

    Atualmente, o Pistons é o nono colocado de sua conferência, com 17 vitórias e 21 derrotas, duas vitórias a menos que o Charlotte Hornets, oitavo colocado e último classificado para os Playoffs caso a competição terminasse hoje. A equipe é liderada pela dupla de garrafão formada por Andre Drummond e Blake Griffin, e comandada pelo atual vencedor do prêmio de melhor técnico da liga, Dwane Casey. O treinador faz sua primeira temporada pelo Pistons, tendo sido contratado pela franquia após ser demitido do Toronto Raptors, mesmo tendo sido eleito o melhor técnico da NBA na temporada passada pela campanha que levou o time canadense a 59 vitórias.

    A dupla Drummond/Griffin vem rendendo bem. Enquanto que o primeiro anota 17 pontos e 15 rebotes de média, além de 1,8 roubos de bola e 1,6 tocos, o segundo lidera o time com mais de 25 pontos por jogo disputado. O problema do Pistons, entretanto, é o desequilíbrio do time e alta dependência de suas “torres gêmeas”. Depois de Drummond e Griffin, apenas Reggie Bullock (15) e Reggie Jackson (12) anotam mais do que 10 pontos por partida em média.

    Prato cheio para JaVale McGee e Tyson Chandler na defesa, e também para que os jogadores de perímetro do Lakers achem espaços para infiltrar no garrafão adversário. Esta pode, ainda, ser a última partida que o Lakers joga sem LeBron James. O astro será reavaliado em breve, e pode voltar já contra o Utah Jazz, na próxima sexta-feira. 

    O jogo é no Staples Center, e enquanto o Lakers busca encaixar uma sequencia de vitórias a partir do último triunfo, contra o Dallas Mavericks, o Pistons tenta encerrar uma sequencia de duas derrotas consecutivas, contra Utah Jazz e San Antonio Spurs. No geral, a equipe ganhou apenas três das últimas dez partidas e patina na tabela, vendo o Orlando Magic, que tem o mesmo número de vitórias e uma derrota a mais se aproximar na classificação.

    Pré-Jogo

    Arena: Staples Center

    Horário: 01h30

    Transmissão: ESPN e NBA League Pass

    Lesões

    Lakers: LeBron James (virilha – fora), Rajon Rondo (mão – fora)

    Pistons: Ish Smith (virilha – fora)

    Quintetos

    Lakers: McGee, Kuzma, Ingram, Hart, Ball

    Pistons: Drummond, Griffin, Brown, Bullock, Jackson

    Fala aí!