Espalhe!
  • Bate Papo 0
    Guilherme Borges

    12 de Janeiro de 2019 por Guilherme Borges

    Em uma noite de pouca inspiração dos atletas do Lakers, mais uma grande atuação de Donovan Mitchell na equipe de Utah fez a diferença e o time de Salt Lake City saiu com uma vitória contundente por 113 – 95.

    Já no primeiro quarto a equipe de Utah mostrava sinais de que iria dar muito trabalho a equipe de Los Angeles. O Jazz chegou a abrir 10 pontos no meio do período já se aproveitando de má rotação defensiva dos Lakers. Diversos arremessos não contestados caíram e time os Lakers já se viram em apuros. Além disso, Mitchell deu muito trabalho a marcação do Lakers e logo Hart ficou carregado de faltas.

    No inicio do segundo quarto os Lakers chegaram a equilibrar o jogo, mas na metade final do quarto, um apagão na equipe angelina, deu chance a chance que o Jazz precisava para abrir vantagem novamente no placar e voltar para o terceiro período com tranquilidade e administrar o placar para levar a vitória. Vale registrar a cravada de Mitchell, armador, na cara do nosso pivô McGee, o tipo de lance que mostra que o jogo está perdido. Final do segundo quarto 62x41 para o Jazz.

    No terceiro quarto o Lakers voltou bem e chegou a diminuir a diferença para 10 pontos no final do período, mas mais uma vez falhas na rotação defensiva e uma sequência de turnovers no ataque fizeram com que o Jazz, abrisse vantagem novamente. Um ponto muito importante, o time do Jazz foi cirúrgico e soube aproveitar todas as falhas e erros de nossa defesa e ataque. Viramos para o quarto período perdendo por 15 pontos, mas não demonstramos reação e o time de Utah administrou bem, o relógio e levou a vitória.

    Os destaques individuais ficam para Donovan Mitchell com 33 pontos, o segundo-anista mostrando mais uma vez que esta "on fire" em 2019. Pelos Lakers, o cestinha foi Michael Beasley com 17 pontos. Beasley novamente veio bem do banco e fez o que pode para ajudar o time de Los Angeles, mostrando que talvez mereça uns minutos a mais na rotação do Luke Walton. Nossos garotos foram apenas discretos na noite de ontem, com Kuzma não conseguindo repetir o desempenho da partida contra os pistons e terminando com apenas 11 pontos. Ingram teve um bom primeiro tempo, porem não conseguiu manter o ritmo e terminou a partida com apenas 15 pontos. Vale destacar também a boa participação de calouro Wagner, mostrando que com mais minutos pode evoluir e no futuro ajudar a equipe do Lakers.

    O Lakers volta as quadras na madrugada de domingo para segunda as 00:30 contra os Cavs no Staples Center no que deve ser a penúltima partida sem Lebron James. Nosso time precisa vencer para não se distanciar na briga pelos playoffs, isso porque após a partida contra o Cavs teremos mais um jogo considerado fácil, Bulls em casa, e depois saímos para enfrentar duas pedreiras, o Thunder e o Rockets. Duas vitorias nesses dois jogos em Los Angeles, Cavs e Bulls respectivamente, são necessárias para nos manter numa boa posição para a pós temporada.

    Fala aí!