Espalhe!
  • Bate Papo 0
    Douglas Guideli

    22 de Fevereiro de 2019 por Douglas Guideli

    Em um jogo emocionante decidido nos últimos minutos, o Lakers conseguiu arrancar a vitória na marra sobre a equipe do Houston Rockets, pelo placar de 111 x 106. O time de Houston contou mais uma vez com uma noite inspirada do Barba, James Harden, que chegou a 32 jogos seguidos anotando pelo menos 30 pontos, o bom retorno de Capela com 12 pontos e uma boa partida de CP3 com 23 pontos, mas nada disso adiantou. O Lakers conseguiu superar essas boas atuações, os erros da arbitragem e seus próprios erros infantis em transições defensivas ou em arremessos atabalhoados no ataque.

    No primeiro quarto o jogo estava parelho e o Lakers fazia um bom trabalho pressionando o Barba, evitando arremessos fáceis do craque de Houston. A situação parecia que ia ficar melhor ainda quando o Barba cometeu sua terceira falta com 3:41 para jogar ainda no primeiro quarto. Com Harden no banco, o natural seria uma vida mais fácil pro Lakers. O que se viu foi o contrario, a equipe de Houston conseguiu abrir 10 pontos de diferença, terminando o quarto liderando o placar por 32 a 22.

    No segundo quarto, ainda com Harden no banco, o Rockets continuou a abrir vantagem, forçando Walton a parar o jogo logo no inicio do quarto perdendo por 14 pontos. Me parece que esse comportamento em nossa equipe se repete ao longo dos jogos, começamos os quartos desligados e a partir dos 5 minutos finais, nossa equipe parece entrar no jogo e conseguimos igualar as ações. No final do período com o Barba de volta na equipe do Texas conseguimos uma pequena arrancada e terminamos perdendo o quarto por 8 pontos. Placar do Halftime 58 a 52 para a equipe do Texas.

    Vem a volta do intervalo e com ele o terceiro quarto, aquele que deve ter sido responsável por alguns “acidentes” com controles remotos nas casas dos torcedores dos Lakers. O time teve um apagão pelo menos na primeira metade do quarto e fomos obrigados a ver o time de Houston abrir 19 pontos de diferença, deixando a impressão de que a vaca tinha deitado. Foi aí que chegaram os 5 minutos finais do quarto e o time, para nossa alegria, acordou. Mais do que isso, apareceu em quadra o tão prometido modo Playoff do Papai Lebron (29 pts, 11 reb, 6 ast). O resultado foi que nosso time voltou a defender bem e acertamos boas bolas no ataque, sendo que nos últimos 4 minutos do quarto o placar foi 12-2 para o Lakers. Diminuímos a diferença, voltamos para o jogo e Lebron estava com sangue nos olhos. Resultado: Esperança de volta nos corações do Lakers. O quarto terminou com a vantagem de 90 a 83 para o Rockets.

    O último quarto foi aquele de tirar o fôlego. Por incrível que pareça, voltamos ligados e continuamos a diminuir a diferença e chegamos a estar liderando o jogo na metade do período antes da arbitragem anular uma cesta de três do Lakers e mudar a marcação de uma cesta de três pontos para 2 pontos, a arbitragem acertou nas marcações. Com o placar empatado James e Ingram tomaram a frente do time e com boas jogadas conseguimos tomar a liderança. Bullock também foi essencial com uma importante bola de 3 pontos. Para completar LeBron cavou uma falta de ataque do Barba eliminando-o do jogo e CP3 e Mike D'Antoni levaram faltas técnicas por reclamação com a arbitragem, abrimos vantagem e garantimos a primeira vitória pós All-Star break.

    Iniciamos bem a busca pela vaga nos playoffs ganhando de um importante time da liga, o que da confiança ao time para os próximos jogos. Com a vitória chegamos a 29V-29D e assim seguimos em busca da zona de classificação, a mentalidade da equipe é essa, uma vitória de cada vez e deve ser a nossa também. O Lakers pega o Pelicans amanhã em New Orleans em busca de um final feliz para o segundo capitulo de nossa saga rumo aos playoffs. Para coroar a noite do torcedor do Lakers vimos o Sacramento Kings, adversário direto na disputa pelos playoffs perder na ultima bola para o Golden State Warriors.

    Fala aí!