Espalhe!
  • Bate Papo 0
    Ricardo Romanelli

    14 de Fevereiro de 2019 por Ricardo Romanelli

    Com mais uma derrota inesperada na conta, o técnico Luke Walton mais uma vez balançou no cargo. Depois de ver sua posição ameaçada já outras vezes na atual temporada, a derrota para o Atlanta Hawks disparou um processo de pensamento sobre se a pausa para o All-Star Game, onde o time vai passar dez dias sem jogar, não seria o momento ideal para uma troca de comando na busca de um fato novo que leve o time aos playoffs. 

    Porém, de acordo com Broderick Turner (LA Times), essa especulação pode ser deixada de lado por enquanto:

    "Não vai acontecer nada com Luke. Não existe e não vai existir esta conversa dentro do Lakers. Ele vai terminar a temporada e tem apoio totoal. Ele não vai a lugar algum." - Broderick Turner.

    O time coleciona apenas 8 vitórias em 23 partidas desde o Natal, quando o Lakers alcançou seu ponto alto na temporada. Na ocasião, o time disputava mando de quadra no Oeste e venceu o Golden State Warriors com atuação magistral. De lá pra cá, a lesão de LeBron James e outros jogadores importantes, além de turbulências provocadas por rumores de trocas e drama envolvendo o time fizeram o elenco oscilar bastante, e as más atuações de Walton na gestão dos minutos e das rotações não ajudou em nada.

    Apesar do clamor da torcida e do momento propício para a troca de comando, deve-se ressaltar que não existem hoje boas opções no mercado de treinadores, e que talvez na offseason melhores nomes apareçam, como costuma ocorrer. Também é necessário observar que a maior parte do elenco não deve continuar para a próxima temporada, então qualquer trabalho que um técnico possa começar a desenvolver agora seria, de qualquer forma, perdido na offseason.

    Por fim, com apenas 25 jogos, é quase impossível que um treinador que assuma consiga mudar a história do Lakers na competição. A solução é esperar, terminar a temporada com Walton e voltar a este tema na offseason. 

    Fala aí!