Espalhe!
  • Bate Papo 0
    Ricardo Romanelli

    07 de Fevereiro de 2019 por Ricardo Romanelli

    Depois de adquirir Reggie Bullock no começo da semana, o Lakers fechou o último dia para trocas da NBA fazendo negócio com o Los Angeles Clippers, seu rival local. Em transação onde enviou Michael Beasley e Ivica Zubac para o outro time do Staples Center, o Lakers recebeu de volta o ala-pivô Mike Muscala.

    Aos 27 anos, Muscala havia chegado ao Clippers apenas um dia antes, na troca que enviou Tobias Harris ao Philadelphia 76ers. Esta é a terceira troca da qual ele faz parte em menos de um ano. Em julho, o Atlanta Hawks lhe incluiu no pacote que enviou Dennis Schroder ao Oklahoma City Thunder, enquanto que Muscala foi para Phildelphia. Depois, ele fez parte do aludido negócio entre Sixers e Clippers, e agora foi trocado entre os rivais de Los Angeles.

    Com 2,11 m de altura, ele está na NBA desde 2013, ano em que foi draftado pelo Hawks no segundo round. Na atual temporada, possui 34% de aproveitamento nas bolas de longa distância com 1,4 arremessos de três convertidos por partida, boas marcas para um jogador de seu tamanho. Também converte 81,8% de seus lances livres. Com estas características, chega para cumprir o papel de pivô espaçador da quadra, substituindo a função que Brook Lopez desempenhou no ano passado e que a diretoria imaginou que o calouro Moritz Wagner pudesse suprir neste ano.

    Muscala tem contrato expirante no valor de US$ 5 milhões, e não interfere nos planos de flexibilidade financeira para a offseason. Como o Lakers enviou dois jogadores na troca e recebeu apenas um de volta, o time agora tem uma vaga no elenco, que a diretoria deve preencher observando o mercado de jogadores sem contrato. O especialista em arremessos Wayne Ellington, que já jogou no Lakers, e o veterano All-Star Carmelo Anthony estariam no topo desta lista por enquanto.

    Fala aí!