Espalhe!
  • Bate Papo 0
    Ricardo Romanelli

    23 de Fevereiro de 2019 por Ricardo Romanelli

    Tendo perdido quatro de cinco partidas antes da parada para o All-Star, faz tempo que o Lakers não ouve falar em sequência de vitórias. Pois bem, caso vença o New Orleans Pelicans na noite de hoje, o time conquista sua segunda vitória consecutiva e dá mais um passo importante para melhorar suas chances na briga por playoffs na conferência Oeste. A partida ganhou mais importância ainda após a vitória do Los Angeles Clippers na noite de ontem, abrindo quatro vitórias de diferença na classificação (o Clippers já disputou dois jogos a mais e tem dois confrontos diretos com o Lakers, então a situação é melhor do que parece).

    O Pelicans, adversário da noite, vive situação caótica. Após flertar com uma vaga nos playoffs no começo da temporada, Anthony Davis, seu principal jogador, pediu para ser trocado e protagonizou um espetáculo público nas duas últimas semanas da trade deadline. Com o Lakers como princicpal interesado e a diretoria fazendo ofertas bastante agressivas, os reflexos no vestiário do time de Los Angeles e na diretoria do time de New Orleans foram inevitáveis. Como resultado, Davis não foi trocado, e agora teve sua participação no time reduzida a uma faixa entre 20 e 25 minutos por jogo. A ideia do Pelicans é prevenir uma lesão do atleta para que possam trocá-lo na offseason, além de usar estes minutos para melhor desenvolver outros atletas que tenham a franquia nos seus planos futuro. 

    Davis, inclusive, é dúvida para a partida deste sábado, já que em princípio a equipe pretende deixá-lo de fora de back-to-backs e o time vem de uma derrota contra o Indiana Pacers na noite de ontem. Após o jogo, o próprio atleta disse não saber se vai jogar nesta noite de sábado.

    Diante deste pano de fundo, o Lakers pode esperar um ambiente bastante hostil em New Orleans nesta noite. Os fãs do esporte nesta cidade já estavam bravos com franquias de Los Angeles por conta da final da NFC, na NFL, onde o Los Angeles Rams venceu o New Orleans Saints com polêmicas sobre a arbitragem, com a diretoria do Saints, cuja dona é a mesma do Pelicans, se envolvendo publicamente nas reclamações e acusações de manipulação. Mesmo com tudo isso, o Lakers precisa filtrar as distrações e evitar que o mau momento da deadline volte a afetar o time, mantendo-se focada no objetivo de classificação para os playoffs.

    O torcedor do Lakers também vai poder assistir Julius Randle em ação mais uma vez. Depois de passar as primeiras quatro temporadas da carreira com o Lakers, o ala-pivô vem fazendo boa campanha com o Pelicans e tem tudo para ser um dos pilares do time na reconstrução pós-Anthony Davis, caso opte por assinar um contrato de longo prazo com o time.

    Com maior sucesso do time titular de jogadores grandes na última partida, o técnico Luke Walton deve optar por manter a formação, por ainda contar com rotação curta de armadores pela lesão de Lonzo Ball.

    *Atualização 16h55: Conforme antecipado, o Pelicans decidiria sobre a participação de Anthony Davis no confronto mais perto da hora do jogo, e a equipe optou por deixar o pivô de fora da partida desta noite. Jahlil Okafor deve ocupar a vaga de titular.

    Pré-Jogo

    Arena: Smoothie King Center

    Horário: 21h00

    Transmissão: SporTV e NBA League Pass

    Lesões

    Lakers: Lonzo Ball (tornozelo - fora), Mike Muscala (tornozelo - dúvida)

    Quintetos

    Lakers: McGee, Kuzma, James, Bullock, Ingram

    Pelicans: Okafor, Randle, Williams, Holiday, Payton

    Fala aí!