Espalhe!
  • Bate Papo 0
    Rennan Vieira

    23 de Maio de 2019 por Rennan Vieira

    Na última segunda-feira, depois da polêmica entrevista de Magic Johnson, o GM Rob Pelinka finalmente apresentou Frank Vogel como novo treinador do Lakers. Ele chega com um contrato de 3 anos e Jason Kidd confirmado como um dos seus assistentes.

    Vogel passou 10 anos como assistente e olheiro antes dos seus 7 anos como treinador do Indiana Pacers e Orlando Magic, acumulando 304 vitórias e 291 derrotas em 595 partidas. Conhecido por seu trabalho defensivo, chegou em 2 finais de conferência quando trabalhava no Indiana Pacers.

    O treinador disse que tudo começa estabelecendo uma cultura de trabalho duro, estrutura na quadra e disciplina com a forma de jogar, tudo sob uma grande responsabilidade. Também compartilhou suas filosofias e valores em relação ao basquete, além do otimismo em relação ao futuro da franquia e principalmente dos seus jovens.

    ”Eu vejo muita promessa, uma tremenda quantidade de promessa para o que podemos ser. O que temos atualmente em nosso elenco combinado com a nossa visão de como vamos terminar de construir esse elenco, também combinado com o que eu espero colocar da minha identidade na forma como vamos jogar, eu acho que podemos conquistar grandes coisas.” - Frank Vogel. 

    Vogel comentou sobre seus fundamentos na parte ofensiva e defensiva, em como seu pensamento evoluiu desde que entrou na NBA como assistente técnico em 2001.

    ”Houve uma grande evolução estilisticamente em como eu quero jogar basquete e é sobre a evolução da liga. A liga inteira mudou com os arremessos de 3 pontos e a quantidade de trocas que ocorrem , e é necessário que isso ocorra em determinado nível  - eu acredito que exista um exagero em alguns níveis. Mas nos dois anos em Orlando, enquanto estávamos desenvolvendo os jovens talentos – e era uma situação de reconstrução – tudo se transformou em um pequeno laboratório para mim. Para descobrir essa nova NBA.  Descobrir este novo mundo. Qual é o esquema exato para ser bem sucedido nessa NBA moderna. Foi uma ótima experiência de aprendizado. Eu continuei no meu ano sabático no ano passado, visitando times por toda a liga, tendo conversas longas sobre a parte ofensiva e defensiva, como jogar esse estilo de jogo e como transformar o esquema.” - Frank Vogel. 

    Quando perguntado sobre a parte ofensiva, Vogel disse que tem uma abordagem analítica para jogar no perímetro onde utiliza a linha de 3 pontos e espaços que abrem o caminho para um time forte atacando a cesta. Compartilhar a bola e jogar um pelo outro são elementos essenciais.

    Vogel abordou algumas áreas especificas como os arremessos. Lakers terminou a última temporada em 29º entre 30 equipes na porcentagem dos arremessos de 3 pontos e lances livres.

    ”Eu acho que podemos chegar lá, desenvolvendo a partir de dentro, dos arremessadores que temos. Haverá muito trabalho nos treinamentos, na pré-temporada e durante a temporada. Ninguém faz um trabalho bem feito nesse nível sem desenvolver seus próprios jogadores. E obviamente, com a free agency e alguns outros movimentos que Rob pode fazer, vamos abordar isso para tentar adicionar alguns arremessadores.” - Frank Vogel. 

    E no lado defensivo, Vogel acredita que primeiro tem que proteger o garrafão e depois se preocupar com o perímetro.

    ”Com toda a conversa sobre a linha de 3 pontos, ainda é mais importante construir sua defesa de dentro para fora. A cesta ainda é a prioridade. O garrafão ainda é a prioridade. E então você espalha e defende a linha de 3 pontos. ” - Frank Vogel. 

    O GM Rob Pelinka comentou que ficou impressionado ao ouvir os planos do treinador durante sua entrevista.

    ”Em primeiro lugar, Vogel está incrivelmente preparado. Ele se destacou com sua visão para o basquete, a estrutura em que quer jogar e a maneira como poderia utilizar nosso elenco, foi realmente impressionante.” - Rob Pelinka. 

    Apesar do clima caótico que rondou a franquia nos últimos meses principalmente com a inesperada saída de Magic Johnson, Pelinka acredita que existam motivos para estar otimista com o futuro do Lakers.

    ”Se as pessoas derem uma olhada onde a franquia está agora, temos um grande treinador, temos uma alta escolha no draft, temos um grande núcleo jovem, talvez um dos melhores da liga, nós temos uma super estrela no nosso time e espaço para mais uma. Então, acho que as pessoas vão enxergar isso como uma oportunidade para vim e ganhar um título no próximo ano. E temos que fazer nosso trabalho... é o que nossos fãs esperam e vamos trabalhar para ter um elenco muito bem-sucedido no próximo ano” - Rob Pelinka. 

    Fala aí!