Espalhe!
  • Bate Papo 0
    Ricardo Romanelli

    01 de Julho de 2019 por Ricardo Romanelli

    O ala Kawhi Leonard, maior estrela da offseason, não decidiu seu futuro na abertura do mercado de contratações. Cobiçado por Lakers, Clippers e Raptors, o astro se limitou a conversar por telefone com Magic Johnson, ex-presidente de operações de basquete do Lakers. Segundo Broderick Turner (LA Times), a conversa positiva e Kawhi se mostrou curioso sobre vários aspectos:

    “A primeira coisa que posso dizer é que Kawhi e seu tio, o famoso Tio Dennis, conversaram com Magic várias vezes. Eles também conversaram com Rob Pelinka. Eles querem se reunir com Jeanie Buss e Magic, mas Magic não pode estar na reunião se Jeanie ou Rob estiverem na sala. As regras da NBA estipulam que você pode trazer qualquer um que não seja empregado na liga, mas pelo passado de Magic com o Lakers esse é um terreno nebuloso.” – Broderick Turner

    Este realmente é um aspecto que o Lakers precisa tomar cuidado, mas o fato é que Kawhi já conversou com Magic e pode fazê-lo quantas vezes quiser, desde que não seja numa reunião oficial. Turner continua:

    “Uma pergunta interessante que Leonard tinha para Magic era sobre se o Lakers tentou trocar por ele quando estava em San Antonio. A resposta foi sim, mas que Greg Popovich e o Spurs não quiseram negócio com o Lakers e estavam pedindo quatro escolhas de Draft, preço muito alto. Esta foi uma das perguntas de Kawhi.” – Broderick Turner.

    O Lakers realmente tentou conversar com o Spurs na offseason passada, mas Popovich fez questão de não dar qualquer margem de negociação a Magic e Pelinka. Turner continua, contando que o Tio Dennis também participou da conversa:

    “As perguntas do tio foram ‘o que realmente está acontecendo na organização entre você, Jeanie, Rob Pelinka e todos? Esta disfunção toda é verdadeira?’. Magic respondeu que houveram problemas, mas que todos superaram isso e continuam sendo uma família. Ele disse que brigou com sua irmã Jeanie e que é normal que irmãos briguem. Sobre Pelinka, disse que ele era um traidor, mas que isso ficou no passado e que quer que o Lakers seja um time campeão, e tendo Kawhi no elenco isso acontecerá.” – Broderick Turner.

    Magic ainda teria acrescentado que isso não era problema, garantindo que o espírito vencedor do Lakers supera tudo:

    “Você pode jogar por eles porque não sobre mim, não é sobre Jeanie, é tudo sobre esta franquia. É sobre Kareem, Wilt Chamberlain, Kobe Bryant. É tudo sobre estes grandes jogadores. Você pode ser mais um deles, se juntar a LeBron James e ganhar mais títulos, e você não precisa exigir mais do seu corpo fazendo isso, pois temos outros dois astros para trabalhar com você.” – Magic Johnson.

    Magic mostra que o recrutamento, tarefa para a qual ele havia sido contratado, é realmente onde ele se destaca como executivo. Falando na saúde de Kawhi, este é um tema bastante precioso para o astro, e também foi discutido na conversa:

    “LeBron James pode trazer seu próprio treinador, seu próprio pessoal médico. Kawhi queria saber se ele também poderia fazer isso, e o Lakers disse que estaria disposto a aceitar, porque isso é algo que se faz para superstars.” – Broderick Turner.

    Ainda se espera uma reunião oficial com Jeanie Buss e Rob Pelinka, além é claro de um encontro com LeBron James e Anthony Davis. Existe, ainda, a expectativa de que Kobe Bryant possa participar do recrutamento de alguma forma. No aguardo de Kawhi, Lakers, Clippers e Raptors não fizeram nenhum movimento no primeiro dia de negociações, aguardando os próximos passos da decisão mais importante desta offseason.

    Fala aí!