Espalhe!
  • Bate Papo 0
    Guilherme Borges

    30 de Setembro de 2019 por Guilherme Borges

    Entrevistas,  times, treinos e muito mais.

    Na última sexta-feira (27/09/2019) a espera dos fãs do Los Angeles Lakers (e dos demais times da liga), acabou. Todos, finalmente, puderam ver seus astros com as respectivas camisas e ouvir deles as respostas das perguntas que vêm surgindo desde que os movimentos da agência livre cessaram. Nesta data foram realizados todos os “Media Day” – data em que a comissão técnica e os jogadores do time tiram fotos e respondem às perguntas da imprensa - da Liga. Para nós, foi um prato cheio, já que o elenco, como todos sabem, mudou drasticamente. Pudemos ouvir LeBron James, Anthony Davis, o técnico Frank Vogel e muito mais. Além disso, no final de semana que seguiu, sábado, 28/09/2019, e domingo, 29/09/19 tivemos os primeiros treinos do Roxo e Dourado e pudemos ver um pouco sobre a formação da equipe, as pretensões dos técnicos e etc. Para vocês não terem que ver tudo, separamos o que rolou de mais importante nesses dias. Saca só!

    Media Day:  Principais entrevistas

    Resultado de imagem para lakers media day

    Como de costume, o dia foi aberto com uma entrevista conjunta entre Rob Pelinka, GM da franquia, e Frank Vogel, novo técnico. O GM abriu a coletiva mencionando que para o Lakers, essa temporada não é sobre rivalidade de cidade (em uma suposta rivalidade que haveria entre as duas franquias de Los Angeles), mas sim, sobre nosso time e sobre conseguir chegar o mais longe possível, ou seja, ganhar um campeonato.

    “Nosso maior adversário está no espelho. Temos que olhar para nós mesmos e saber como esses 15 jogadores podemos ser o melhor time que podemos ser. É sobre a gente, e sobre o que podemos conquistar.” - Rob Pelinka.

    A primeira pergunta foi sobre a situação da lesão de Kyle Kuzma e se ele estaria pronto para a temporada. Rob fez questão de lembrar que a responsável pela fisioterapia é Judy Seto – a mesma que cuidou de Kobe Bryant por anos – e que ela está otimista quanto à situação, reforçando ainda que Kuzma está trabalhando muito com a equipe médica e que não há muita preocupação. O foco é fazê-lo estar bem para toda a temporada, e ele tem mostrado sinais de melhora nesse sentido. Depois de algumas questões, Pelinka e Frank responderam sobre o elenco atual. Nas palavras de Pelinka: “quando os dois fundamentos do time são os dois melhores jogadores do planeta atualmente, então acredito que você tenha bons fundamentos.” Frank acrescentou ainda que “temos talento para ser campeões, mas isso não vai acontecer se nós não estivermos juntos. Tudo vai depender de quão forte será nossa conexão e o quão rápido vamos conseguir atingi-la.”

    Além disso, tanto Rob quanto Frank confirmaram que LeBron James e Anthony Davis de fato estiveram presentes em todo processo de tomada de decisão sobre a montagem do elenco e da comissão técnica, algo que já era esperado por todos. Pelinka disse que foram muitos telefonemas entre os três e muitas mensagens, afirmando ainda que LeBron está muito focado e com a mente muito aberta.

    “A conversa nunca foi: vá lá e faça isso. A conversa sempre foi: o que você acha disso ou daquilo? Foi assim que funcionou, por um exemplo, com Dwight Howard. DH admitiu que estava no fundo do poço e que queria fazer parte de algo maior do que ele. Tivemos, então, conversas com a comissão e com LeBron e AD, e todos acharam que Howard foi genuíno.” - Rob Pelinka.

    Aliás, de acordo com Pelinka e Vogel, a humildade de DH foi o que mais chamou atenção, já que ele praticamente fez um “teste” com o time, topando faze-lo como se fosse um novato; deu a ideia do contrato não garantido; e abraçou o desafio de ser apenas um jogador de elenco, e não uma estrela.

    Sobre a montagem do elenco, Rob garantiu que aprendeu com o passado e por isso montou o time com arremessadores que poderiam abrir espaço para AD e LBJ. Frank foi na mesma linha e disse o quão excitado está pela flexibilidade do time e o quão melhor arremessando esse time deve ser em relação ao do ano passado. Além disso, o novo técnico também confirmou que irá sim pensar na temporada toda em termos de gerenciamento de minutos e do psicológico dos jogadores, mas que ele quer ganhar tudo. “Nós queremos ganhar o primeiro jogo. Queremos ganhar os próximos 10, os próximos 20 e queremos manter isso e estar sempre bem física e psicologicamente.”

    O último ponto de mais importância da entrevista foi a confirmação do técnico Vogel de que o foco do elenco esse ano será mesmo a defesa. Ele falou sobre a inteligência dos defensores de perímetro, sobre o fato de ter um sistema onde seus “protetores do aro” – que poderão estar 48 minutos em quadra, já que temos três deles - não irão precisar correr atrás dos armadores adversários e que as possibilidades na defesa são o que mais têm deixado ele animado.

    Logo em sequência, por óbvio, as entrevistas de LeBron James e Anthony Davis foram as que mais chamaram atenção.

    Resultado de imagem para lakers media day

    Na entrevista de LeBron, as perguntas iniciais foram sobre as longas férias que ele teve este ano, já que o Lakers não chegou aos playoffs. Passado esse momento, começaram as perguntas sobre AD. Ele começou falando o quão animado estava em ter um talento como Davis no time e como ele vê liderança na nova estrela: “É um excelente jogador e um excelente líder, mais do que as pessoas dão créditos a ele por isso.” Quando perguntado se ele estaria disposto a “passar” o bastão do ataque para Davis e fazê-lo ser o pronto principal, a resposta de James foi bem sincera:

    “Eu fiz isso com Kyrie no meu segundo ano com o Cleveland Cavaliers. Vendo o talento dele, sabia que ele tinha o potencial para ser MVP algum dia e que ele tinha as habilidades necessárias para liderar o time. Todos nós conhecemos AD. O talento que ele tem. Se você vai colocá-lo em quadra mas não vai utilizá-lo como seu ponto principal, então, porque usá-lo?” - LeBron James. 

    Quando perguntado sobre as mudanças que ocorreram na Agência Livre, e sobre quem é o grande vencedor, a resposta também foi interessante:

    “Muitos perguntam se os vencedores foi o New Jersey Nets, ou o Los Angeles Clippers, ou o próprio Lakers. O grande vencedor foi o Staples Center. Se você é fã de basquete, noite sim noite não você poderá ver excelentes jogos. Além disso tem todos os shows que acontecem durante o ano. E não só o basquete, tem o futebol americano, o baseball e etc. É um excelente momento para ser fã de esportes em Los Angeles.” - LeBron James. 

    Se LeBron está motivado? “Estou muito motivado, mas trabalhando em silêncio. Não falo muito sobre isso. Minha mãe sempre me ensinou: não fale, seja. É neste momento que estou. Como time, temos que colocar o Lakers onde ele está acostumado está”

    A entrevista de Davis foi cheia de perguntas sobre o estilo de jogo e etc. AD foi claro ao dizer que está muito animado em jogar com LeBron e acredita que ambos vão despertar o melhor um no outro. Ainda em termos de jogo, o astro também falou sobre ele, JaVale McGee e Howard estarem treinando e passando tempo juntos para tentar construir um entrosamento. Mudando o foco, AD começou a responder sobre o fato de estar em uma cidade maior:

    “Muito mais gente aqui do que lá. Realmente é um mercado muito maior. Mas eu sabia disso quando fui trocado para cá. Meu foco é no time, e o que podemos fazer dentro de quadra. [...] É importante saber que ninguém de fora do vestiário importa. Vão tentar inventar histórias, vão tentar criar coisas sobre nós. Nós temos que fazer com que, apesar de tudo isso, continuemos unidos, como time, como comissão técnica. É sobre o Lakers, então nós podemos superar qualquer história.” - Anthony Davis. 

    Quando perguntando sobre o ano que vem:

     “Só quero pensar nesse ano. O Lakers me recebeu de braços abertos e fez com que eu me sentisse em casa, mas só quero pensar nesse ano.” - Anthony Davis. 

    Resultado de imagem para lakers media day

    Na entrevista de Kuzma, ele falou um pouco sobre estar desapontado por não ter conseguido ficar com a seleção americana, mas que a confiança dele melhorou muito com os treinos que teve, e que se sente feliz que a lesão dele foi descoberta logo para que ele pudesse focar em melhorar, o que vem ocorrendo progressivamente. Objetivos individuais? “Melhorar. Melhorar muito. Tenho muitas habilidades e sei que posso melhorar. Quero ser um All-Star.” O foco nas férias? “Forma do arremesso. Quero arremessar o mesmo arremesso todas as vezes. É treinar isso diariamente e ter disciplina.” Por fim, Kuzma falou da maior diferença deste ano para os últimos:

    “Anos passados foram tudo sobre desenvolver os mais novos. Esse ano não. Eu digo, AD ainda é novo, mas temos muitos veteranos. O foco é ir aos play-offs. O foco é vencer. Você não traz caras do calibre que trouxemos para querer apenas se desenvolver. Definitivamente, não.” - Kyle Kuzma. 

    Danny Green também foi um dos focos no dia de entrevistas. Sobre sua função no time: “Para mim foi fácil decidir que viria pra cá. Eu acho que me encaixo bem com LeBron e AD. Ambos atraem dobras, e precisam de espaço e oportunidade para ficar no um contra um. Para isso eles precisam de jogadores que defendam bem e que espacem a quadra. É isso que eu faço.”

    Treino de Sábado  (28/09/2019)

    Resultado de imagem para lakers practice

    O primeiro dia de trabalho foi bem empolgante. Como “time titular”, Frank Vogel usou a seguinte formação: Rondo/Green/LeBron/AD e McGee. Do outro lado, tivemos Caruso/Bradley/KCP/Dudley/Howard, com Cook e Daniels revezando. Kuzma, por conta do pé, não treinou. Vimos de tudo: 5 contra 5; exercícios defensivos; exercícios de condicionamento e etc. Como já adiantado, o treino foi muito focado na defesa. De acordo com AD, mais de uma hora de treino foi sobre defesa. Além disso, o astro também confirmou que o time vem jogando de uma forma muito física, sem, contundo, machucar ninguém.

    LeBron James falou um pouco sobre o entrosamento ele entre e AD e também reafirmou: “defesa é o foco do técnico, e do time como um todo na verdade.” Além disso, James falou também sobre a importância de Rondo, tanto para o entrosamento do time, como para questões de liderança dentro de quadra. No fim, quando perguntado se fazia muita diferença jogar com uma “Dupla de Estrelas” ao invés de um trio, James foi enfático: “o importante nesta liga é ter um time. Não dois, três. É um time. É claro, tudo começa comigo e com AD, mas o importante é o time, dentro e fora de quadra. Precisamos de todos acreditando na comissão técnica e no que estamos nos propondo a fazer”.

    O técnico Frank Vogel falou bastante sobre como o treino foi bom e ainda afirmou que “a melhor dupla atualmente é LeBron e AD. Eu escolho eles ao invés de qualquer outra dupla. Eles podem fazer de tudo e vão causar muito estrago nesta liga esse ano”. Sobre o time que usou, Vogel afirmou que tirando AD e James, que sempre vão estar juntos para que eles possam construir entrosamento, todos os outros vão mudar, então o time utilizado no primeiro treino não seria ainda o time titular com certeza. Além disso, Vogel ficou muito satisfeito com DH. O técnico pregou que o jogo físico será a marca defensiva deste elenco, e DH entendeu muito isso e foi físico durante todo o treino.

    Treino de Domingo  (29/09/2019)


    No treino de domingo, o time já mudou. Mais uma vez, Vogel colocou, como prometido, AD e LeBron juntos. O resto do time foi todo alterado. Tivemos, dessa vez, então, KCP, Bradley e Howard com as estrelas. Mais uma vez, Howard foi um destaque positivo, jogando muito fisicamente. Segundo ele próprio: “quero que eles saibam que podem contar comigo, e que irei sempre defendê-los. Vou fazer o necessário para que esse time ganhe.”

    Danny Green elogiou também a forma física de todos os jogadores, e disse que para ele, é um desafio, depois de sair de um campeonato, mudar de atmosfera mas se manter igualmente competitivo. De qualquer forma, o ala deixou claro que continuará fazendo seu trabalho, que ele entende ser espaçar a quadra e defender bem no perímetro. Green não jogou no time de LeBron e James no domingo e afirmou que o time em que estava teve dificuldades, mas elogiou o trabalho de Rondo, falando o quanto é fácil jogar com ele.

    Mais uma vez, Vogel trabalhou bastante na defesa e elogiou muito Howard e Bradley. “Quando você tem um time com LeBron e AD do mesmo lado, e tudo que todo mundo está falando é sobre Avery Bradley, isso diz muito sobre ele e sobre seu jogo atualmente”.

    Enfim, o time também treinou a parte ofensiva e, como os 5x5 foram muito positivos, o técnico decidiu que a maior parte do treino seria isso, tempo de jogo para todo mundo. Kuzma continua fora e não treinou, sendo que dificilmente estará presente no primeiro jogo contra o Golden State Warrios em 05 de outubro. Além disso, Alex Caruso e Talen Horton-Tucker fizeram um belo exercício de arremessos de 3 pontos ao final do treino, muito mais eficientes do que os exercícios que vimos ano passado nessa mesma época.

    No mais, o time vem treinando bem e muitas coisas estão acontecendo ao mesmo tempo, portanto, fiquem ligados porque iremos continuar deixando vocês sincronizados com todas as novidades.

    Resultado de imagem para lakers media day

    Fala aí!