Espalhe!
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    08 de Janeiro de 2020 por Renato Campos

    O Lakers detonou o New York Knicks 117-87 na noite de terça-feira, mas não sem sofrer uma perda assustadora que pode significar muito mais do que qualquer resultado.

    Anthony Davis deixou o jogo no terceiro quarto depois de uma queda forte e perdeu o resto da noite com uma "contusão sacral". A boa notícia é que os raios-x foram negativos para qualquer fratura, embora ainda não se saiba quanto tempo (se houver) Davis estará ausente ou limitado para jogar.

    Ele não foi o único Laker a dar um susto, Bobby Portis foi expulso com um Flagrant 2 por bater na cabeça de Kentavious Caldwell-Pope. O jogador passou por avaliação para uma concussão, mas foi liberado para retornar e foi decisivo para o Lakers quando o time deslanchou no placar no quarto período.

    Caldwell-Pope não foi o único Laker a estar com a mão quente de longa distância. Até Dwight Howard meteu uma de três, e a equipe terminou 17-36 da zona dos 3 pontos, liderada por LeBron James. O Knicks inexplicavelmente defendeu James, esquivando-se de quase todas as bolas que o Lakers definia para ele, e ele os fez pagar por essa, fazendo seis de seus 12 triplos para terminar com 31 pontos, 5 assistências e 5 rebotes em 31 minutos.

    O Lakers terá dois dias de folga para lamber suas feridas e se recuperar do que foi uma vitória muito mais desgastante do que a pontuação indicaria. O time já tem uma sequência de vitórias de seis jogos seguidos e têm 30 a 7 no geral, e seguirão em frente para enfrentar o Dallas Mavericks e o Oklahoma City Thunder na sexta e no sábado, respectivamente.

    Fala aí!