Espalhe!
  • Bate Papo 0
    Sérgio Segundo

    09 de Fevereiro de 2020 por Sérgio Segundo

    Após ter o jogo praticamente sob controle e ver a derrota como algo praticamente impossível, o Los Angeles Lakers quase deixou escapar o triunfo perante o Golden State Warriors, tendo vencido o embate pelo placar de 125-120 no Chase Center.

     No início imediato do jogo, o Lakers teve uma certa dificuldade de chegar à cesta, vendo o Warriors ter o controle da partida brevemente. Pouco tempo depois, o time visitante pôde equilibrar o confronto, principalmente às custas da boa atuação ofensiva de Avery Bradley, grande destaque do primeiro quarto. Nesse mesmo período, a equipe de Los Angeles começou a deslanchar, confirmando sua superioridade no quarto seguinte. Anthony Davis, LeBron James e Dwight Howard atuaram de maneira extremamente eficaz, abrindo uma vantagem de 15 pontos. Apesar disso, na ida ao intervalo, a diferença havia caído para somente 7.

     Na volta para a segunda metade da partida, o Lakers confirmava o seu favoritismo, alcançando a liderança máxima da partida: 20 pontos. A partir daí, veio uma considerável reação do GSW, que diminuiu a diferença, oscilando no período - marcado pelas boas atuações de Bradley e Davis - entre 12 e 14 pontos. Entrando já no último quarto, o jogo coletivo parecia funcionar, pois sete jogadores possuíam dois dígitos de pontuação: Bradley, Davis, LeBron, Rajon Rondo, Danny Green, Howard e até Kuzma, que havia se recuperado no jogo após entrar mal. Porém, conforme o final se aproximava, o rendimento do time roxo-e-dourado caía bastante. Assim, com um forte apagão da equipe em quadra, a vantagem despencou para somente 5 pontos.

     A situação só não foi pior porque "o Monocelha" chamou a responsabilidade para si. Com cerca de 18 pontos até a metade do período, ele terminou a partida com 27 anotados, provando que o time dependia quase pura e exclusivamente dele. Além disso, apesar de cometer alguns lapsos na defesa, LeBron chegou perto de mais um triplo-duplo e também acalmou os ânimos dos torcedores do Lakers com uma cesta de três decisiva. Por fim, soou o cronômetro, o triunfo veio por 5 pontos.

     Um dos destaques do lado do time mandante foi a boa estreia de Andrew Wiggins, que anotou 24 pontos com 8 arremessos convertidos. E por falar em 24/8, Stephen Curry estava vestido com uma camisa de Kobe Bryant em homenagem ao ídolo da NBA, inclusive citou em entrevista a influência do craque não só para a liga, mas também para ele em especial, que via o "Black Mamba" como seu ídolo. Marquese Chriss foi o cestinha dos mandantes no duelo, enquanto Eric Paschall não teve uma de suas melhores noites, com somente 6 pontos anotados e pouco mais de 27% de eficiência nos arremessos.

     O Los Angeles Lakers entrará novamente em quadra na segunda-feira, quando receberá a visita do Phoenix Suns, no que será a penúltima partida da equipe antes da pausa para o All-Star Weekend, bem como a última como mandante.

    Fala aí!