Espalhe!
  • Bate Papo 0
    Ricardo Romanelli

    02 de Março de 2020 por Ricardo Romanelli

    O Lakers dispensou o ala-armador Troy Daniels na noite de ontem, 01 de março. A data é importante pois é o último dia que um jogador pode ser dispensado para poder assinar com outro time que vai para os playoffs, e a motivação por trás da dispensa é justamente esta. Segundo informação de Adrian Wojnarowski (ESPN), diretoria e atleta estariam trabalhando para buscar uma alternativa onde Daniels pudesse jogar mais:

    "O Lakers vai dispensar Troy Daniels, segundo o agente Mark Bartelstein da @PrioritySports disse para ESPN. As partes vinham trabalhando para encontrar uma solução que desse a Daniels uma oportunidade em outro lugar, e também para criar uma vaga no elenco do Lakers." - Adrian Wojnarowski.

    Daniels não jogava muito, vítima de uma rotação com vários veteranos de qualidade com precedência. Ele fez 41 partidas pelo Lakers, com média de 11,1 minutos e 4,2 pontos por jogo. Ele é agente livre ao final da temporada, então sabe que precisa ter tempo de quadra em algum lugar para conseguir uma boa renovação contratual, e já havia ficado claro que isso não aconteceria no Lakers. O jogador usou sua conta no Twitter para enviar uma mensagem a seus companheiros e fãs:

    "Com certeza uma das decisões mais difíceis da minha vida. Mas foi o melhor para mim. Eu já fui testado na minha vida e saí da tempestade de pé todas as vezes. Foi um prazer fazer parte de uma organização incrível como o @Lakers. Estar em L.A literalmente mudou a minha vida para melhor, e estou animado para ver o que vem pela frente!! A todos os meus irmão sno elenco, vocês sabem qual é...boa sorte no resto do caminho, vejo vocês em breve!" - @troydaniels.

    O Lakers agora vai analisar o mercado em busca de um nome que possa ajudar a compor a rotação e o vestiário na vaga deixada por Daniels. Dion Waiters e J.R Smith, ambos livres no mercado, são atletas que já conversam com a diretoria. Waiters inclusive tem reunião marcada com a franquia nesta segunda-feira. O atleta atualmente é representado por Rich Paul, agente de LeBron James, Anthony Davis, Kentavious Caldwell-Pope e Markieff Morris, e que era representado por Rob Pelinka antes dele assumir o cargo como GM do Lakers. Já J.R Smith teve uma primeira conversa que não evoluiu, mas isso foi antes da dispensa de Daniels, e a expectativa é que agora as partes retomem o contato. 

    Fala aí!