Espalhe!
  • Bate Papo 0
    Ricardo Romanelli

    07 de Julho de 2020 por Ricardo Romanelli

    Depois de algumas dúvidas, o pivô Dwight Howard decidiu que vai se juntar ao Lakers em Orlando na busca pelo título da NBA. A incerteza se devia ao envolvimento do atleta com os protestos sociais que atingem os EUA, onde vários jogadores da NBA tem tomado parte. Além disso, a mãe de um dos filhos de Howard faleceu nas últimas semanas, o que deixou o pivô num momento pessoal bastante delicado. 

    Apesar disso, segundo Shams Charania (The Athletic), Howard decidiu se juntar ao time na retomada da temporada da NBA:

    "O pivô do Lakers Dwight Howard disse ao @TheAthleticNBA e a @Stadium que ele pretende jogar na retomada da temporada da NBA, e vai se juntar ao time na quinta-feira em Orlando. Ele vai doar o resto de seu salário na temporada para sua própria campanha Breathe Again." - @ShamsCharania.

    A campanha Breathe Again é de iniciativa do próprio Howard, que a financia desde 2015. O projeto combate a desigualdade racial, e em face dos recentes acontecimentos nos EUA, adquiriu maior visibilidade nas últimas semanas. O valor estimado em salários que ele vai abrir mão totaliza em torno de US$ 700 mil. 

    Howard declarou que sente que o Lakers tem uma grande oportunidade para vencer o título da NBA neste ano, e que enquanto ele estiver na bolha, seu salário e plataforma serão utilizados para que sua agenda fora das quadras avance. 

    Sendo assim, o Lakers viaja para Orlando apenas com o desfalque de Avery Bradley, que optou por não jogar devido a condições de saúde envolvendo seu filho. O ala-armador J.R Smith foi contratado para compor a rotação. 

    Fala aí!