Espalhe!
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    15 de Outubro de 2020 por Renato Campos

    O Lakers superou o Miami Heat em seis jogos nas finais para encerrar o que foi uma corrida dominante nos Playoffs da NBA. Enquanto alguns insistem ainda em dizer que há um asterisco envolvido, este foi sem dúvida o campeonato da NBA mais difícil que já foi ganho.

    Este foi um longo tempo para nós torcedores. Se passaram 10 anos desde que o Lakers foi campeão da NBA pela última vez, e isso é uma eternidade para uma franquia que acumulou dinastias.

    O Lakers não é franquia de um só campeonato, a organização é um negócio de sucesso sustentado por novas dinastias. Esse é o jeito do Lakers, então, embora ainda seja momento de comemorar, todos estão ansiosos para ver o time repetir o feito no próximo ano.

    Embora o time tenha sido fantástico e superado as expectativas, há espaço para melhorias. 

    Há várias razões pelas quais podemos esperar uma negociação significativa do Lakers nesta offseason. Não será uma troca no nível de Anthony Davis, mas será uma que trará um novo terceiro melhor jogador para o grupo e preparar o terreno para a busca de um título consecutivo.

    Aqui estão três sinais reveladores que nos levam a acreditar que o Lakers fará essa jogada.

    1. A liga está ficando melhor na próxima temporada

    O Lakers terá mais candidatos ao título da NBA na próxima temporada. Embora times como Los Angeles Clippers e Milwaukee Bucks não precisem de movimento para levá-los a um nível inteiramente novo, haverá outros times que se juntarão ao trio no pedestal mais alto da NBA.

    Existem duas equipes em particular que precisamos ficar de olho na Conferência Oeste. O Golden State Warriors vai estar saudável e, apesar do fracasso da última temporada, não podem ser desconsiderados em 2021.

    Um trio de Stephen Curry, Klay Thompson e Draymond Green ainda é formidável, especialmente com toda a sua experiência nos playoffs. Adicione a possibilidade de um grande impacto com o contrato de Andrew Wiggins e a segunda escolha geral no draft. barulho.

    O Dallas Mavericks é outra equipe que pode se aproximar desse grupo seleto. Luka Doncic vai estar ainda melhor, Kristaps Porzingis volta de lesão e a equipa vai, sem dúvida, acrescentar mais peças à redor deles.

    Um grupo de Lakers, Clippers, Warriors e Mavericks entre os quatro primeiros da Conferência Oeste parece inevitável.

    Na Conferência Leste, o Lakers pode ter um adversário diferente nas Finais da NBA. O Brooklyn Nets, que está deixando Kevin Durant e Kyrie Irving saudáveis e com um apoio muito bom ao redor deles que os tornará insanamente competitivos.

    2. Existem várias opções no mercado e o Lakers deve ser ativo

    Se não houvesse metas comerciais realistas para o Lakers, nada disso importaria. No entanto, existem alguns nomes que potencialmente estarão no mercado nesta temporada que podem interessar a franquia.

    Victor Oladipo é um grande nome que já vinha sendo muito falado nos bastidores. Ele tem apenas mais um ano de contrato, o que o prepara para um grande estardalhaço na offseason seguinte e disse que não se importa em ser "o cara". Ele só quer ganhar um anel e supostamente sair de Indiana .

    Existem outras opções além de Oladipo. Buddy Hield é atraente, assim como alguém como Zach LaVine. Todas ótimas opções para serem terceiras estrelas.

    Mesmo que o Lakers não os convença, a franquia pode ir pelo caminho mais simples e trazer alguém como Derrick Rose, que ainda seria uma boa adição a esta lista.

    O Lakers não têm muitas iscas comerciais, mas têm algumas peças valiosas. Os mais notáveis são Danny Green e Kyle Kuzma. O Lakers ficará bem sem os dois e pode construir um pacote em torno deles e até mesmo com a escolha 29 no Draft 2020.

    Não é moeda que vá conseguir um superstar, mas pode ser algo para conseguir um ano de Victor Oladipo.

    Podcast: Comentários sobre o título e notas para o elenco do Lakers


    3. Haverá ainda mais motivação para ganhar outro campeonato da NBA

    O Lakers atingiu o pico da montanha, LeBron James conseguiu seu quarto anel com sua terceira equipe e agora pode se aposentar, lutando por mais um anel é claro, mas sem estar tão pressionado para obtê-lo.

    O cansaço do campeonato é uma coisa e é fácil perceber como pode haver menos motivação para voltar a vencer, uma vez que já é campeão, mas provavelmente o Lakers vai estar muito mais motivado para a conquista de um segundo anel.

    A franquia do Lakers está sempre se preparando para dinastias, não com campeonatos isolados, e o único time do Lakers a terminar sua corrida com apenas um título foi o time liderado por Jerry West em 1972. As chances são de que o Lakers vai correr atrás de outro anel com LeBron James e Anthony Davis como protagonistas.

    E qual razão por estar mais motivado? Em primeiro lugar, o Lakers não conseguiu vencer na frente de seus torcedores. Apenas aquela motivação extra de fazer isso na frente de um público e realmente desfilar com eles, dará ao Lakers um pouco mais de energia no tanque.

    O que vem a frente ainda não temos certeza, mas que o caminho que está sendo trilhado é o correto, disso não temos mais dúvidas.

    Fala aí!