Espalhe!
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    09 de Outubro de 2020 por Renato Campos

    A jornada dos playoffs do Lakers está quase completa. O Lakers tem vantagem de 3-1 na série sobre o Miami Heat nas finais da NBA, precisando vencer apenas um dos próximos três jogos para pendurar o banner no. 17

    A NBA está sempre em movimento e mesmo que o Lakers ganhe o campeonato da NBA, Rob Pelinka estará de volta ao seu escritório após alguns dias de comemoração para construir o elenco digno do campeonato do próximo ano. Nós, torcedores, podemos aproveitar as vitórias, e curtir uma offseason que promete.

    Os Playoffs da NBA nos ensinaram muito sobre o Lakers. Aprendemos algumas coisas importantes que afetarão o futuro da equipe e as decisões de Pelinka. Aqui estão alguns pontos cruciais que aprendemos neste periodo.

    1. Anthony Davis é um franchise player e será um dos grandes na história do Lakers

    Sim. Podemos estar viajando para um futuro ainda distante. Anthony Davis vai ficar com o Los Angeles Lakers, ser o principal jogador da franquia assim que LeBron James se aposentar e será aquele que iremos lembrar como o melhor jogador do Lakers nos últimos anos.

    LeBron James deve ser sempre apreciado. Boa parte da torcida do Lakers não o amavam antes de se tornar um Laker, mas sem ele nada disso acontece. O Lakers não teria conseguido a troca por Anthony Davis e, em vez disso, este ano teríamos uma equipe mais próxima do New Orleans Pelicans.

    Mas quando tudo estiver dito e feito e olharmos para isso em 25 anos, vamos lembrar da chegada de Anthony Davis como um Laker, o que se tornará uma longa carreira e (com sorte) mais campeonatos.

    Todos sabiam que Davis era um dos jogadores mais talentosos da liga, mas havia dúvidas de que ele fosse o cara de um time com sucesso limitado em New Orleans. Ele tem sido o cara para o Lakers nesta pós-temporada em uma equipe com LeBron James.

    Seja com sua cesta matadora de três no jogo 4 das finais da NBA, sua chance de ganhar o jogo no jogo 2 das finais da Conferência Oeste ou seus box scores insanos nos playoffs, Daivs provou que ele é um grande jogador de verdade, um legitimo cara que comanda uma franquia e é o futuro da organização Los Angeles Lakers.

    DÁ UM PLAY E CONFIRA A PLAYLIST NBA FINALS 2020 - MIAMI X L.A. DO HOOP78


    2. Frank Vogel é um dos três melhores técnicos da NBA

    Não acho que haja alguma maneira possível de refutar esse ponto agora. Frank Vogel é um dos melhores treinadores absolutos da liga e já provou isso nos playoffs da NBA.

    Veja os ajustes que Vogel fez nos playoffs. O Lakers jogou contra o escaldante Portland Trail Blazers e se tornou o primeiro time na bolha a limitar a quadra de defesa. Eles então jogaram contra o micro-ball Houston Rockets, jogaram pequeno e os venceram em seu próprio jogo.

    Eles então se tornaram a primeira equipe a limitar Jamal Murray (e realmente, Nikola Jokic) e fizeram excelentes ajustes ofensivos para atacar a zona de defesa do Miami Heat nas finais da NBA. Tudo vem de Vogel.

    A maioria dos especialistas da NBA olhou para o elenco de apoio do Lakers como um bando de veteranos derrotados. Vogel tirou o máximo proveito de Avery Bradley, Dwight Howard, Rajon Rondo e Kentavious Caldwell-Pope.

    Este é um longo caminho desde antes da temporada, quando Jason Kidd era o alvo dos rumores do treinador principal e Vogel era visto como um acordo pelo Lakers. Mal sabíamos todos que Vogel provaria ser um dos melhores treinadores de toda a NBA.

    3. Rajon Rondo garantiu uma vaga no elenco da próxima temporada

    Playoff Rondo parece realmente ser uma coisa real, por mais que você tente se convencer que não é, já que o armador veterano tem sido fantástico nos playoffs. De repente, Rondo é um fantástico arremessador de três pontos e tem executado o ataque enquanto está na quadra lindamente.

    Seus passes para Anthony Davis e até LeBron James perto da cesta foram lindos de assistir e o Lakers realmente conseguiu pegar o ritmo e ser um time de fastbreak melhor por causa dos esforços de Rondo.

    Ele pode ser frustrante de assistir na temporada regular e, para ser honesto, ele ainda não foi bom na temporada regular. Uma pós-temporada sólida não muda esse fato.

    No entanto, ele provou que mesmo com uma temporada regular medíocre, ele realmente tem aquele gás extra para usar durante os Playoffs da NBA e ele tem sido fantástico como resultado. Acho que Rondo fez o suficiente para ganhar seu lugar na lista do próximo ano.

    4. O Lakers fará melhorias fora de temporada para tentar repetir o sucesso

    Primeiro, o Lakers precisa vencer o campeonato da NBA antes de falarmos em se repetir como campeões. Mesmo com um campeonato, porém, o Lakers mostrou nos playoffs da NBA que eles vão precisar adicionar melhorias na entressafra para ganhar outro campeonato.

    O Lakers tem sido o melhor time dos Playoffs da NBA, ponto final. Tanto o Milwaukee Bucks quanto o Los Angeles Clippers perderam na segunda rodada e, se o Lakers ganhar o título da NBA, terá derrotado os dois times que os dois não puderam derrotar.

    Por causa disso, o Lakers vai ter um alvo. Se você não está melhorando nesta liga, então você está retrocedendo e o Lakers sabe disso.

    Além disso, obtivemos evidências reais e tangíveis de que o Lakers pode precisar de uma terceira estrela na próxima temporada. LeBron James tem sido ótimo nos playoffs, mas ele vai cada vez mais precisar de ajuda. Isso só vai piorar nos playoffs do próximo ano.

    Além disso, haverá novos bons candidatos ao título do próximo ano. O Brooklyn Nets será um legítimo com Kevin Durant e Kyrie Irving e o Golden State Warriors vai retornar sem dúvida aos Playoffs da NBA.

    Fala aí!