Espalhe!
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    04 de Novembro de 2020 por Renato Campos

    2 trocas que podem fazer o Lakers subir sua escolha no Draft da NBA

    LeBron James pode superar Michael Jordan como o GOAT, só terá um pouco mais de trabalho.

    LeBron James sabia que para ele alcançar e eventualmente ultrapassar Michael Jordan, ele teria que fazer isso em uma das maiores cidades - com mais holofotes - jogando para a franquia mais icônica da história da NBA.

    É por isso que LeBron James escolheu LA.

    LeBron acabou de ganhar, talvez, o título mais desafiador de sua carreira. E logo após as finais da NBA, já nos perguntamos: "OK, o que vem a seguir?"

    Claro, você ganhou um quarto título, mas pode ganhar um quinto? Um sexto? Talvez até um sétimo?

    LeBron deve se 'culpar' por essas perguntas e, no futuro, apenas ele e o Lakers podem respondê-las.

    Afinal, foi LeBron quem decidiu usar o No.23 ao entrar na NBA. LeBron disse que estava “perseguindo o fantasma que brincou em Chicago”.

    A virada contra o Warriors em 2016

    LeBron afirmou que se sentiu o melhor jogador de todos os tempos depois de refletir sobre a superação de um déficit de 3-1 nas finais da NBA contra o Warriors em 2016. (Antes, o recorde dos times era de 0-32 quando perdiam por 3-1 nas finais).

    Não importa o quanto ele tente minimizar a comparação entre ele e MJ, suas ações e palavras são o motivo pelo qual é um tópico tão polarizador.

    Lakers: Donald Trump volta a atacar LeBron James e NBA

    Se você já debateu esse tópico, você se enquadra em uma das três categorias: Não, LeBron não é o GOAT, ele ainda tem trabalho a fazer ou nunca será o GOAT.

    Digamos que ele ainda esteja na fase "ele ainda tem trabalho a fazer". LeBron tem que ganhar seis anéis antes de ser considerado o maior de todos os tempos. Não cinco, seis.

    Supomos que o Lakers ganhe as próximas duas finais da NBA, isso empataria seus títulos com Jordan em 6.

    6-6 é mais impressionante do que 6-0.

    Jordan fez seis viagens para as finais em 15 anos - embora seus fãs mais fervorosos tentem ao máximo fingir que seus dois anos com o Washington Wizards não existiram - vencendo todas as seis tentativas e levando para casa as finais de MVP nas seis vezes.

    NBA: calendário para a nova temporada já está sendo estudado

    LeBron 10 finais. Jordan 6 finais

    LeBron está acabando de sair de sua 10ª participação nas finais. Ele passou toda a última década competindo pelo troféu Larry O ’Brien. Mais duas viagens o levarão a um total de 12, o que o empatará com Bill Russell na maioria das aparições de um jogador nas finais, dobrando Jordan no processo.

    Você consegue imaginar no final de sua carreira se LeBron James jogasse 12 finais em 19 temporadas? Isso significa que ele teria gasto 63% de sua carreira competindo por um campeonato.

    NBA anuncia abertura da quarta maior NBA Store do mundo em São Paulo em 2021

    Como já dissemos antes, Anthony Davis é a maior razão pela qual LeBron escalará esta montanha rumo a destronar Jordan em números de títulos.

    Se James pode triunfar com o Lakers, essa conquista será o suficiente para inclinar ainda mais a balança no debate GOAT a seu favor.

    Houve três times na era da NBA moderna que venceram três seguidas: o Chicago Bulls liderado por Michael Jordan e Scottie Pippen (eles fizeram isso em duas ocasiões diferentes) e o Lakers liderado por Shaquille O 'Neal e Kobe Bryant .

    LeBron está a 1/3 do caminho até lá. Um tri-campeonato seria o final perfeito para uma carreira incrível.

    Embora a ideia de jogar com ou contra seu filho, LeBron James Jr., seja intrigante, que melhor maneira de se aposentar do que um tri-campeonato na franquia mais famosa da NBA?

    NBA: Warriors teria proposta pronta para Giannis Antetokounmpo

    Fala aí!