Espalhe!
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    24 de Novembro de 2020 por Renato Campos

    Anthony Davis foi capaz de adicionar algum suspense ao seu esperado retorno ao Lakers, mas pode ser por um bom motivo.

    O que pode estar impedindo Davis de assinar sua extensão é o fato de que o duas vezes MVP Giannis Antetokounmpo ainda não ter assinado sua extensão super-max com o Bucks. Se a Antetokounmpo não optar pelo acordo de cinco anos e $ 228 milhões antes do prazo final de 21 de dezembro, ele será elegível para ser um agente livre na próxima offseason.

    giannis01

    O jornalista da ESPN, Brian Windhorst, revelou o que poderia estar acontecendo com Davis e como ele poderia ajudar a preparar o Lakers para um grande trio de super estrelas na próxima temporada, ajudando nos esforços da equipe para trazer o Greek Freak para LA.

    “É incomum para AD atrasar sua recontratação por tanto tempo. E uma das coisas que ele poderia estar acompanhando são os passos de Giannis”, disse Windhorst no SportsCenter. “Se Giannis decidir assinar a extensão, poderemos ver o AD assinar por mais tempo. Mas se Giannis se tornar um agente livre no ano que vem - eu sei que parece difícil de acreditar que o Lakers possam fazer isso - mas isso poderia levar Anthony Davis a assinar um contrato de apenas um ano com uma opção de jogador, que seria o mesmo acordo de LeBron James, para deixar flexibilidade na cap do Lakers. Há muitas pessoas aguardando Giannis Antetokounmpo. ”

    Viu essa? Montrezl Harrell comenta saída do Clippers e diz que busca título no Lakers

    Offseason do Lakers entre as melhores da NBA

    O Lakers teve uma das - se não a - melhor offseason de todos os times, trazendo algumas peças-chave e atualizando o elenco em torno de Davis e James. Dennis Schroder, Marc Gasol, Montrezl Harrell e Wes Matthews - ex-companheiro de equipe de Antetokounmpo - são todos grandes jogadores. Além disso, o Lakers conseguiu manter Kentavious Caldwell-Pope e Markieff Morris.

    O Bucks fez alguns movimentos, mas não tiveram tanto sucesso em um esforço para satisfazer seu superstar. A equipe passou por uma situação embaraçosa com a tentativa de conseguir Bogdan Bogdanovic, e sua maior jogada foi uma troca com o New Orleans pelo armador Jrue Holiday.

    Enquanto Holiday é um grande jogador, Milwaukee desistiu de muito para obtê-lo em Eric Bledsoe, George Hill e um escolhas de draft, se aproximando do preço que o Lakers pagou por Davis. Essas foram as escolhas de primeira rodada do Bucks em 2020, 2025 e 2027, junto com os direitos de troca de escolhas em 2024 e 2026.

    A questão agora é se o Bucks fez o suficiente para mantê-lo em Milwaukee por um longo prazo.

    Lakers teria mostrado interesse por ex-companheiro de LeBron James

    Lakers quer outro pivô

    O Lakers fez jogadas importantes com Harrell e Gasol, mas pode tentar adicionar outro pivô para impedir Davis de jogar no 5 tão frequentemente como fez na temporada passada, de acordo Dave McMenamin. O Lakers trocou JaVale McGee para assinar Gasol e viu Dwight Howard ir para Filadélfia em uma agência gratuita. A dupla manteve o posto central na última temporada para Los Angeles.

    “Mesmo que Davis seja mais do que capaz jogando de pivô e tenha jogado bastante na posição durante a pós-temporada do Lakers, fontes disseram à ESPN que continua sendo uma prioridade para a frente de LA preencher o elenco com outros pivôs confiáveis para que Davis não tenha que suportar o peso da posição 5 durante a temporada regular.

    Hassan Whiteside, Skal Labissiere, Kyle O’Quinn e Thon Maker são nomes que permanecem no mercado de agentes livres.

    Veja: Lakers assina com armador não draftado

    Fala aí!