Espalhe!
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    25 de Novembro de 2020 por Renato Campos

    Falava-se muito sobre onde o agente livre Montrezl Harrell poderia acabar quando chegasse ao mercado. Ele ganhou o prêmio de Sexto Homem do Ano da NBA na última temporada, com média de 18.6 pontos e 7.1 rebotes, levando a especulações de que ele poderia ir para diversos times, de Charlotte a Phoenix e Miami.

    Também houve muita conversa sugerindo que ele voltaria para os Clippers.

    Um lugar que quase nunca foi mencionado: o Lakers.

    Harrell, falou com a mídia pela primeira vez nesta semana, explicou que a diferença entre o Clippers e o Lakers era simples - o time com mais títulos o fazia se sentir desejado.

    Viu essa? Anthony Davis na espera por Giannis Antetokounmpo  


    Veja: Lakers assina com armador não draftado

    “Esta é uma equipe que me queria e a equipe que estava realmente em alta”, disse Harrell. “Estou honrado e grato por isso e abençoado por estar aqui.”

    E sobre o time do outro vestiário no Staples Center? Harrell não estava se sentindo desejado.

    “Quer dizer, nem é preciso dizer”, disse Harrell. “Aparentemente não se eu estiver do outro lado, sabe? Então é o que realmente é. ”

    Ida de Montrezl Harrell para o Lakers surpreenderam companheiros do Clippers

    Harrell disse que, embora tivesse um vínculo forte com vários jogadores no vestiário do Clippers - principalmente Patrick Beverley e Lou Williams - ele sentiu que a disposição do Lakers em tê-lo no elenco desde o início, deu a eles uma vantagem em seu recrutamento. Harrell jogou com Beverley durante toda a sua carreira, já que os dois eram companheiros de time em Houston e foram negociados juntos (Williams também estava no comércio) na troca do Clippers por Chris Paul.

    Mas Beverley ficou perplexo quando chegou a notícia de que Harrell estava sendo negociado, e expressou isso nas redes sociais. Harrell apontou que sua decisão não foi pessoal:

    "É uma decisão de negócios. Sabe, achei que era a decisão certa para mim, conversei com minha família e é aí que decidimos que queríamos ir, simples assim. Não houve mais processo de pensamento para isso. Definitivamente estarei com uma equipe que me queria e com um grupo de caras que vou me dar bem, vou construir química com rapidez e ter mesma sensação que eles tiveram na última temporada, que é apenas paixão, que é sobre um campeonato."

    Que tal? 3 agentes livres disponíveis que podem ajudar o Lakers

    Fala aí!