Espalhe!
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    13 de Novembro de 2020 por Renato Campos

    Ganhar o campeonato da NBA não diminuiu os rumores do Lakers nesta temporada. O Lakers está em uma posição privilegiada para fazer alguns tipo de melhorias nesta offseason e vários nomes já foram ligados ao time.

    O mais novo nome a se juntar a lista é o ex-astro e atual armador do San Antonio Spurs, DeMar DeRozan.

    Kevin O’Connor, do The Ringer, relatou que uma possível troca de DeRozan com o Lakers é um dos vários movimentos que o Spurs está considerando para o jogador. A troca seria construída em torno do Spurs recebendo Danny Green e Kyle Kuzma.

    DeRozan é um grande nome e é de Los Angeles, então há uma intriga natural entre os torcedores do Lakers. Sempre que você conseguir um jogador quatro vezes All-Star e duas vezes All-NBA, você vai acabar se empolgando, certo?

    Bem, talvez não. Embora a opção de jogador de DeRozan por um ano seja perfeita para manter o limite máximo para o próximo verão (para Giannis Antetokounmpo), seja um pouco cético em relação ao Lakers querer realmente fazer uma troca como essa.

    Existem duas grandes razões (ou obstáculos) que impedirão que essa troca aconteça. Existem alguns motivos para que o Lakers não deva negociar com DeMar DeRozan e porque os torcedores do Lakers não devem ficar chateados com isso.

    LEIA TAMBÉM: 4 maneiras que Westbrook pode ajudar drasticamente o Lakers

    1. DeMar DeRozan não é mais um grande jogador

    DeMar DeRozan não é um jogador da NBA tão bom quanto você pode pensar. Seus números parecem bons quando analisados, mas quando você realmente olha para o que ele contribui, bem como seu estilo de jogo, torna-se óbvio que o Lakers não receberia nada de excepcional.

    DeRozan é um combo-guard em 2020 que não atira de três pontos. DeRozan tem míseros 28,2% de aproveitamento além do arco em 1,5 tentativas por jogo. Ele teve uma média de menos de uma de três pontos por jogo nas últimas duas temporadas, arremessando 20 por cento combinados.

    Mas você pode compensar isso, certo? Certo. DeRozan é um facilitador decente (não necessário com LeBron James na equipe) e é realmente eficiente no pick and roll. No entanto, o Lakers poderia facilmente encontrar alguém que é 80% mais jogador de pick and roll que DeRozan, com um salário muito mais baixo

    Por exemplo, DeRozan estava na posição de número 90 como pick and roll ball handler na última temporada, com uma taxa de 34,6%. Derrick Rose, que já está conectado ao time, está na posição 73 com 55%. Rose é uma opção muito mais barata, tanto em capital comercial quanto em seu contrato.

    O uso de pick and roll de DeRozan não chega nem perto de compensar a falta de arremesso. Por quê? Porque ele é um mau defensor.

    Se DeRozan fosse exatamente o mesmo jogador ofensivo e um jogador defensivo mediano, então você poderia argumentar a favor da troca por ele. O Lakers é uma equipe defensiva e DeRozan ainda pode marcar 20 por noite, o que seria mais do que suficiente com uma boa defesa.

    Ele é um péssimo defensor. Em estatísticas mais avançadas, ele estaria abaixo da defesa de Kyle Kuzma.

    Quais são as duas características necessárias para se destacar ao lado de LeBron James, especialmente quando a quadra já está preenchida com Anthony Davis e o tamanho do elenco que o Lakers possui? Arremesso e defesa. DeRozan não faz nenhum dos dois.

    Por mais frustrante que Danny Green tenha sido nos playoffs da NBA, ele é absolutamente um jogador melhor e em forma do que DeRozan. E mesmo que o Lakers negocie Kyle Kuzma e Danny Green neste período de offseason, eles podem ter uma troca melhor do que o jogador do Spurs.

    Armador do Lakers vai buscar alto salário na offseason

    2. O Spurs não fará nenhum favor ao Lakers

    Mesmo que o Lakers esteja deixando de lado todos os pontos que mencionamos acima e DeRozan se torne a última opção disponível, ainda seria difícil esse negócio ser fechado. Por quê? O Spurs não fará nenhum favor ao Lakers.

    Fora o Boston Celtics, o Spurs é provavelmente o maior rival do Lakers. O basquete é simplesmente melhor quando o Lakers e o Spurs estão no topo do jogo.

    O Spurs é uma franquia inteligente e sabe que não deve fazer de um de seus maiores rivais da Conferência Oeste um time de basquete ainda melhor. Parece mesquinho, mas a prova está aí. O Lakers e o Spurs não negociam desde 1990. Trinta anos atrás.

    A história recente apóia essa afirmação. Lembra quando Kawhi Leonard era um Spur? Se você não se lembra, o Lakers supostamente enviou uma grande oferta para Kawhi Leonard quando ele estava sendo negociado por San Antonio.

    Posteriormente, surgiram relatos de que o Spurs não enviaria Kawhi para o Lakers, não importa o quão boa a oferta fosse. Basta olhar para o que a equipe recebeu em troca - DeMar DeRozan, que eles estão negociando agora. Brandon Ingram já é 100% um jogador melhor do que DeMar DeRozan e o Spurs teria conseguido outros jovens ativos também.

    O Lakers é uma franquia esperta demais para pagar a mais por DeRozan - e eles precisam de mais do que apenas DeRozan se estão enviando Green e Kuzma - e o Spurs têm um histórico de exigir demais de seu adversário na Conferência Oeste.

    Esta troca não deve acontecer, apesar do que os rumores do Lakers possam indicar.

    Kyle Kuzma não jogará no Lakers na próxima temporada

    Fala aí!