Espalhe!
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    11 de Janeiro de 2021 por Renato Campos

    Será que o Lakers poderia buscar opções de troca por Alfonzo McKinnie já que o jogador parece não fazer planos da rotação do técnico Frank Vogel?

    E se o Lakers fosse atrás de algumas jovens peças que deixaram a franquia há alguns anos? Ou então, porque não um defensor de aro que você já conhece de longa data? Essa é a ideia do site Fansided arrumou para dar um rumo a um jogador que realmente não tem muita função dentro da equipe. 

    Mortiz Wagner

    Wizards recebe - Alfonzo McKinnie

    Lakers recebe - Mortiz Wagner


    Wagner foi uma das últimas escolhas do Lakers no draft durante a era Magic Johnson.

    Esta escolha tem uma peculiriadade por conta de que o departamento de olheiros do Lakers estaria mais interessado em Omari Spellman do que propriamente Wagner, que acabou sendo total decisão de Magic.

    Wagner até agora não mostrou muita coisa nos seus três anos de liga.

    Por algumas vezes ele parecia encaixar como uma luva para o Washignton Wizards, mas na maioria das vezes ele sempre foi um fator nulo por lá.

    Mas convenhamos, o cara é reserva do também ex-Laker Thomas Bryant e do experiente Robin Lopez. Por lá ele realmente não vai conseguir nada.

    Wagner, quando está esperto, faz um bom papel de pivô moderno. Wagner pode correr por toda quadra, faz suas cestas e rebotes, e o mais importante, tá sempre se esforçando.

    Wagner não vai mudar a vida do Lakers, mas está claro que o time precisa de outro pivô com estatura para alivar a pressão em Gasol e não deixar Davis insatisfeito jogando na posição que ele não se sente confortável.

    Sviatoslav Mykhailiuk

    Pistons recebe - Alfonzo McKinnie + Escolha de segunda rodada do draft de 2023

    Lakers recebe - Sviatoslav Mykhailiuk


    Quando o Lakers escolheu Sviatoslav Mykhailiuk na 47ª escolha no draft da NBA de 2018, muitos torcedores pareceram perplexos.

    Quem é esse tal de Sviatoslav Mykhailiuk?

    Bem, não demorou muito para "Svi" mostrar exatamente quem ele era.

    Svi apareceu muito bem para o Lakers na Summer League e seu chute de 3 pontos parecia fácil.

    E com a mesma rapidez com que ele chegou, Svi se foi.

    No que agora é considerado um movimento intrigante, o Lakers trocou Svi e uma escolha de 2ª rodada de 2021 para o Pistons por Reggie Bullock, que nem eu, nem você, vai lembrar o que ele fez com o Lakers antes de ir embora.

    Embora Svi não tenha apresentado os números impressionantes para o Pistons que fez com o Lakers na Summer League, ele ainda parece aquele cara que deixou os torcedores do Lakers ansiosos para vê-lo evoluir.

    Svi está atualmente com uma média respeitável de 7.9 pontos por jogo em 17.4 minutos de média.

    Você pode estar se perguntando. O Lakers já tem jogadores suficientes na posição de shooting guard e de small forward, por que eles precisam de outro cara?

    Por que não?

    Svi adiciona outro atirador de 3 pontos que pode espalhar ainda mais a quadra para jogadores como AD e LeBron.

    Se o Lakers pode ficar mais jovem e ter um cara em Svi que oferece mais vantagens, então eles podem fazer uma jogada por ele.

    Ter uma mistura de KCP, Wes Matthews, THT, Kyle Kuzma e Svi, todos capazes de aliviar a carga para LeBron conforme a temporada avança, seria bastante interessante.

    Hassan Whiteside

    Kings recebe - Alfonzo McKinnie + Escolha de segunda rodada do draft de 2023

    Lakers recebe - Hassan Whiteside


    Há muito ódio por Hassan Whiteside. E por muitas das vezes, esse sentimento pode ser justificado. No entanto, se você conseguir um protetor de aro de elite e um reboteiro de elite por quase nada, você faz e descobre quaisquer problemas mais tarde.

    Whiteside não é de forma alguma o jogador perfeito. Ele é egoísta, não passa a bola, tem visão de cavalo, não faz seu time melhor, apesar de colocar às vezes estatísticas berrantes, e ele simplesmente não consegue ficar em um lugar por um longo período de tempo .

    Com o Lakers precisando de um pivô protetor de aro, isso soa como música para os ouvidos do técnico Frank Vogel.

    Whiteside teve alguns de seus melhores anos em Miami.

    Uma organização que tinha veteranos em todo o plantel, um treinador de elite, um grande front office liderado por Pat Riley.

    Quando Wade se aposentou, estava claro que o Heat como organização estava indo em outra direção e Whiteside firmemente não fazia parte desses planos.

    Qual organização tem um elenco repleto de veteranos, um treinador campeão, um grande escritório e dois dos melhores jogadores da liga?

    O Los Angeles Lakers.

    Whiteside seria o complemento ideal para o Lakers. Ele não precisa fazer muito. O Lakers não precisa depender dele.

    Com Dwight Howard na última temporada, o Lakers provou que pode transformar o que outros podem considerar um problema de vestiário em um membro extremamente produtivo e valioso de um elenco vitorioso.

    Whiteside traria a proteção do aro que Howard e McGee trouxeram na última temporada.

    Se Whiteside fosse negociado com o Lakers, o time teria uma rotação de garrafão ridiculamente profunda.

    Leia na sequência: A NBA deve avaliar se continua a temporada por conta do Covid-19

    Fala aí!