Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    19 de Janeiro de 2021 postado por Renato Campos

    nba_draymond_green_nega_ter_feito_trash-talk_com_gasol_assista

    Assim como qualquer jogador na NBA, Draymond Green nunca foi particularmente tímido em falar abertamente e não se importou muito se ofendia alguém. Isso ficou evidente na noite de segunda-feira em Los Angeles, quando Green simultaneamente deu uma lição ao novato James Wiseman, enquanto fazia trash-talk com o pivô do Lakers Marc Gasol.

    A conversa foi capturada na transmissão da TNT que, sabiamente, decidiu colocar Green no microfone. Depois de uma falta, Green agarrou o pivô estreante James Wiseman e o advertiu por não ter procurado a bola enquanto ele estava sendo defendido por Gasol. Green deixou claro que acha que Wiseman vs. Gasol é uma vantagem para o Warriors.


    "Eu disse a você", disse Green a Wiseman, "se você tiver aberto, eu vou chegar a você. Você pode pegar aquela bola ali mesmo e fazer uma jogada. ”

    Quando Wiseman disse a Green que não tinha visto a bola, Green disse: "Mas você não viu, esse é o meu ponto. Sempre veja a bola. Porque eu consigo te alcançar em espaço aberto contra Marc Gasol - eu gosto disso. Entendeu? Vamos!"

    Claro, Green insinuou que a escolha nº 2 de 19 anos no draft do ano passado poderia vencer a disputa com Gasol. O jogador do Lakers estava parado ao lado dos dois Warriors, claramente ao alcance da voz. Como se para acertar o ponto com Gasol, Green alinhou para rebater o lance livre do lado oposto de Wiseman e gritou, mais por Gasol do que por Wiseman: "Eu gosto disso!"

    Números de Gasol estão baixos com o Lakers, mas o impacto aumentou

    Apesar do trash-talk de Green, nem Wiseman nem Gasol tiveram muito impacto no jogo. Wiseman não foi bem, cometendo cinco faltas e cinco turnovers em apenas 12:51 de jogo. Gasol jogou 16:15 e fez apenas cinco pontos e um rebote com dois turnovers.

    Gasol, contratado como agente livre, começou todos os 15 jogos do Lakers como pivô, mas ele não tem sido particularmente produtivo, com média de 4,5 pontos e 4,7 rebotes em 19,5 minutos por jogo. Todos esses representam baixas na carreira.

    Defensivamente, Gasol ainda fornece uma presença forte na quadra, como fez ganhou o Jogador Defensivo do Ano da NBA em 2012-13. Mas a idade e as lesões o retardaram e, contra jovens grandes e atléticos, Gasol tem tido trabalho.

    Mesmo sem grandes estatísticas individuais, porém, Gasol tem sido eficaz. O ataque do Lakers tem uma média de 120,9 pontos por posse de bola enquanto Gasol está em quadra, de acordo com estatísticas do NBA.com, e a defesa permite apenas 103,5 pontos por 100 posses. Essa é uma classificação que o faz ocupar o terceiro lugar entre os jogadores do Lakers.


    Anthony Davis sobre Marc Gasol: ‘Ele nos torna uma equipe defensiva melhor’

    Anthony Davis explicou esta semana que, mesmo com a idade avançada de Gasol e a velocidade de seus pés diminuindo, ele ainda causa um impacto na defesa do Lakers, que está em primeiro lugar na NBA.

    Ele é um grande jogador. Um ex-DPOY. Ele é capaz de proteger o aro para nós. Ele faz um bom trabalho de cobertura. Ele fala comigo o tempo todo no banco sobre esquemas defensivos e o que vê em quadra, então sua mentalidade na ponta defensiva é enorme para nós. Isso só nos torna uma equipe defensiva melhor.

    Fala aí!