Espalhe!
  • Bate Papo 0
    nba_lebron_james_tira_sarro_do_jazz_durante_escalacao_dos_times_pro_all-star_game

    LeBron James e Kevin Durant são os capitães deste ano e responsáveis por selecionar suas escalações dos seus respectivos times, um papel familiar para o ícone do Lakers. A equipe da TNT's Inside the NBA foi rápida em apontar que os dois últimos jogadores escolhidos jogavam pelo Jazz: Donovan Mitchell e Rudy Gobert.

    “Não vou aceitar essa calúnia de Utah Jazz, agora”, observou Charles Barkley. "Vamos lá, cara. Isso é um calúnia. Eles obtiveram a melhor campanha da NBA e seus dois melhores jogadores são os dois últimos a serem escolhidos. Isso é calúnia. Isso é calúnia, América. ”


    James começou a tomar o caminho certo em resposta às críticas de Barkley, mas deu um jeito de tirar um sarro com o Jazz.

    “Eu só quero dizer uma coisa, não há calúnia”, James respondeu à avaliação de Barkley. “Não há calúnia para o Utah Jazz, mas vocês precisam entender. Vocês precisam entender, assim como nos videogames, nós nunca jogamos com Utah. Mesmo que Karl Malone e John Stockton fossem ótimos, nunca escolheríamos esses caras nos videogames. Nunca."


    É claro que os comentários de LeBron foram em tom de brincadeira, mas eles certamente circularão por Salt Lake City, proporcionando uma motivação extra para Mitchell e Gobert. James terá que jogar bem, já que Gobert acabou no Team LeBron. O Jazz tem a melhor campanha da NBA com 27-9, enquanto o Lakers está atualmente 3,5 jogos atrás do Utah. Se os playoffs começassem hoje, o Lakers estaria na quarta posição.

    LeBron sobre o jazz: Eles estão jogando realmente bem.

    É difícil interpretar os comentários de James, mas um leve golpe pode ser uma indicação de que o Jazz tem a atenção do Lakers. O Jazz derrotou com folga o time do Lakers, mesmo que desfalcado, por 114-89 em 24 de fevereiro. Após o jogo, James elogiou o Jazz citando o armador Mike Conley como o catalisador para o jogo do time nesta temporada.

    “Acho que eles voltaram com o mesmo elenco, mas acho que o que notei mais do que tudo são esses caras, eles estão totalmente saudáveis”, observou James. “Eu acho que Mike Conley está de volta a si mesmo, totalmente saudável, em movimento, você pode ver a maneira como ele está se movendo lá no chão, e isso é transmitido para todos os outros. Então, eles estão jogando muito bem. É uma equipe muito boa. ”

    Morris após a perda dos Lakers para o jazz: Eles venceram hoje, mas nos Playoffs é uma história diferente

    Embora o Lakers tenham elogiado o Jazz, também parece haver confiança dentro da equipe de que as coisas serão diferentes na pós-temporada. Após a vitória do Utah sobre o Lakers, Markieff Morris enfatizou que as coisas vão mudar nos playoffs.

    “Nós vemos o Jazz, sabemos que eles venceram hoje à noite”, explicou Morris, pela ESPN. “Mas nos playoffs é uma história diferente.”

    Veja em seguida: Joel Embiid passa a frente de LeBron James pelo prêmio MVP

    O técnico do Lakers, Frank Vogel, acredita que o Jazz está jogando como o melhor time da NBA. É algo que sua campanha reflete.

    “Ninguém está jogando tão bem quanto o Utah Jazz na NBA no momento”, disse Vogel, de acordo com o Orange County Register. "A maneira como eles chutam a bola, a maneira como estão conectados defensivamente, as transições que estão tendo por ter o mesmo time nesta temporada."

    Fala aí!