Espalhe!
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    15 de Maio de 2021 por Renato Campos

    nba_klay_thompson_admitiu_stalkear_kobe_bryant_no_passado

    Antes do Warriors se tornar uma dinastia e muito antes de estar jogando pelo time de San Francisco, Klay Thompson disse que 'stalkeava' Kobe Bryant apenas para ter alguns segundos com o Black Mamba.

    Thompson foi um dos atletas que se juntaram para compartilhar suas memórias de Kobe antes de sua introdução no Hall da Fama do Basquete na noite deste sábado. O jogador do Warriors relembrou uma história muito curiosa dos seus tempos de moleque.

    Klay Thompson quando criança teve um acesso mais fácil do que os demais garotos de sua idade que torciam pelo Lakers, por conta de conexões próximas com a organização. Seu pai, Mychal, ganhou um título com o Lakers e trabalhou em uma das cabines de transmissão de rádio do Staples Center. Isso permitiu que Klay tivesse acesso a arena. E o lugar preferido do jogador do Warriors era o estacionamento subterrâneo do ginásio, onde os jogadores deixavam seus carros.

    “Minha parte favorita da noite era descer para o estacionamento para vê-lo sair, só para poder dizer: ‘Ei’ e ver o carro que ele estava dirigindo, o que estava vestindo, como estava andando”, disse Thompson. “Essas foram apenas boas lembranças para mim, estar no estacionamento do Staples Center. Ele saber apenas meu nome foi o suficiente para eu dizer às pessoas que ele era meu ‘bom amigo’. ”

    Thompson viria a se tornar um rival de Kobe, com o Warriors ascendendo ao mesmo tempo que Kobe e o Lakers estavam em declínio. Thompson lembrou-se de ter a mesma reverência por Kobe na quadra que tinha em sua infância, enquanto esperava no estacionamento.

    Thompson lembrou-se da primeira vez que enfrentou Kobe no Staples Center, um jogo em que Kobe marcou 39 pontos - muitos deles, com Thompson tentando defendê-lo.

    “Nunca vou esquecer minha linha de estatísticas: tive aproveitamento de 6 de 8, e consegui 14 pontos, apenas na esperança de que ele percebesse que eu era um bom jogador”, disse Thompson.

    Mais Warriors elogiaram Kobe

    Thompson não é o único membro da organização Warriors a lembrar o impacto que Kobe teve na liga e em outros jogadores. O técnico do time, Steve Kerr, também compartilhou suas memórias da lenda do Lakers, dizendo que o jogo de Kobe o lembrou de um famoso ex-companheiro de equipe.

    “Acho que Kobe foi o jogador mais parecido com Michael Jordan que eu já vi”, disse Kerr, via NBC Sports Bay Area. “Eles compartilhavam muitas das mesmas qualidades, o desejo competitivo, o domínio, o domínio emocional do jogo. Não foi por acaso, ele realmente padronizou seu jogo após Michael.”

    Haverá mais homenagens para Bryant neste fim de semana. Como observou a ESPN, o Naismith Memorial Basketball Hall of Fame está apresentando uma exposição especial em sua homenagem. John Doleva, presidente e CEO do Hall of Fame, disse que será uma homenagem adequada à estrela do Lakers.

    “A família teve tempo para pensar no que queria fazer”, disse Doleva durante a coletiva de imprensa de sexta-feira para cada um dos homenageados de 2020. “É tudo sobre as realizações de Kobe, mas também sobre o que ele foi depois que deixou o Lakers, depois que deixou o basquete.”

    Michael Jordan revela última conversa com Kobe Bryant às vésperas de apresentar o jogador no Hall da Fama da NBA

    Fala aí!