Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    13 de Junho de 2021 postado por Renato Campos

    chegou_a_hora_de_kuzma_deixar_o_lakers_confira_3_potenciais_trocas_pelo_jogador

    Mais do que nunca, os rumores envolvendo Kyle Kuzma nesta offseason vão ser ainda mais intensos. A nova extensão do contrato do jogador, que começa na próxima temporada, o torna muito mais fácil de negociar, abrindo a porta para o Lakers fazer uma jogada após uma decepcionante saída na primeira rodada dos playoffs.

    O Lakers tem poucos ativos e pouco teto financeiro para fazer grandes negócios, mas Kuzma é uma daquelas peças que pode produzir em outros times e segundo vários insiders, a diretoria já teria envolvido o nome do jogador em ofertas no prazo final de negociações desta temporada.

    Kyle Kuzma não se mostrou um grande jogador de que muitos esperavam, mas apesar disso, ele é jovem e pode evoluir longe de LeBron e Davis, assim como já vimos com outros jovens jogadores do Lakers que acabaram tendo mais espaço em outros times.

    A realidade da situação é que Kuzma não é tão valioso quanto era há dois anos, e os retornos de troca por ele não serão tão significativos

    Com base no mercado para esta offseason, o site Fansided listou três hipotéticas negociações por Kuzma que poderiam ser interessantes para o Lakers. Vamos a elas.

    Um armador clássico em Ricky Rubio

    Uma das posições que o Lakers vai precisar trabalhar nesta offseason é suprir uma provável baixa em sua posição de armador. O Lakers precisa de um jogador capaz de ajudar LeBron James na criação das jogadas.

    O Lakers teve uma grande dinâmica com Rajon Rondo, que funcionou muito bem nos playoffs a caminho do título da NBA. Dennis Schroder foi então contratado quando Rondo recebeu uma melhor oferta do Atlanta Hawks e a dinâmica não foi mais a mesma.

    Schroder apresentou bons números, mas não foi tão efetivo em quadra quanto o Lakers precisava. Com uma série de playoffs apagada, Schroder, que quer um salario muito alto, deve vestir uma outra camisa na próxima temporada

    Lakers recebe: Ricky Rubio e uma escolha de segunda rodada

    Wolves recebe: Kyle Kuzma

    Rubio está entrando no último ano com o Timberwolves e seu contrato quase combina perfeitamente com a extensão de Kuzma. O Lakers nesse caso teria uma jogador da posição de armador de origem, que pode produzir muito bem com jogadores como LeBron e Davis a seu lado.

    Por outro lado, o Wolves troca um ano de Rubio por vários anos de Kuzma, que eles podem adicionar ao núcleo jovem à medida que reforçam a profundidade da equipe. Qualquer time na situação do Timberwolves deve procurar trocar um ano de Rubio por vários anos de um jogador mais jovem, especialmente com D’Angelo Russell no plantel.

    Jogue em uma futura escolha de segunda rodada para o Lakers e essa troca ajuda ambas as partes.

    Uma tentativa por um jogador defensor e atirador de três em Robert Covington

    A receita para o sucesso ao cercar LeBron James de talento, é conseguir jogadores que possam jogar na defesa e matar bolas de três pontos. O Lakers definitivamente tinha uma defesa sólida na última temporada, mas as bolas de três pontos foram realmente um problema.

    Quando o Lakers está saudável, LeBron e Davis conseguem dar conta do recado no ataque. Mas com os dois lesionados, percebemos o quanto o Lakers ficou sem opções no ataque e foi nessa que Kuzma e Schroder não renderam exatamente o que se era esperado.

    Se o Lakers agregar alguém consistente na identidade defensiva deste time e ao mesmo tempo consiga ser uma arma na bola de três pontos, isso seria sensacional. Por este motivo, Robert Covington pode ser uma das melhores aquisições do time nesta offseason.

    Lakers recebe: Robert Covington

    Blazers recebe: Kyle Kuzma, Alfonzo McKinnie e 22ª escolha do draft

    O Blazers está em uma situação interessante com Damian Lillard neste período de offseason e estão desesperados para fazer jogadas. Parte desse desespero pode ser por escolhas no draft, já que o time pagou a mais por Covington na offseason, trocando duas escolhas.

    Com a negociação, o Blazers conseguiria uma dessas trocas de volta com a 22ª escolha geral do Lakers, além de adicionar três anos de um jogador mais jovem como Kyle Kuzma. Não é o mais bonito dos pacotes para o Blazers, sem dúvida, mas quando você olha para o cenário da liga hoje, o Lakers talvez seja o único time com o qual eles podem fazer uma jogada.

    Além de garantir uma escolha de draft, o Blazers tem um ativo em Kuzma para fazer alguma negociação mais tarde. Além disso, Covington não combinou muito com o Blazers, tendo em vista que ele não foi usado por lá corretamente. O esquema ofensivo “Dame time” misturado com a péssima defesa da equipe apenas preparou Covington para o fracasso.

    Talvez este seja um movimento que não aconteça até o fim do prazo e se for esse o caso, o Lakers estaria negociando quem eles escolherem na posição 22 do draft, mas para um ano de Covington, este é provavelmente um valor justo.

    A preocupação toda nessa situação, seria qualquer outra equipe fazendo uma oferta mais vantajosa para o time de Portland.

    Uma jogada arriscada por Kemba Walker

    Kemba Walker e o Celtics querem encerrar seu relacionamento neste período de offseason e o Celtics não terá muitos caminhos para negociar com ele. Seu contrato está aquém do ideal com seus problemas de joelho e, na maioria dos casos, o Celtics provavelmente vai ter que agregar valor a Walker para convencer uma equipe a trocá-lo.

    É neste caso que o Lakers faz sentido para o Celtics. O Lakers precisa melhorar e não tem muitos caminhos para fazer isso se tratando do lado financeiro. Com LeBron envelhecendo e a janela do título encolhendo, o Lakers está muito mais propensos a fazer uma jogada arriscada.

    Lakers recebe: Kemba Walker e uma escolha futura de segunda rodada

    Celtics recebe: Kyle Kuzma e Dennis Schroder

    Vamos partir do princípio que Dennis Schroder não será um Laker na próxima temporada. O time pode utilizar o 'Bird Rights' que tem sobre Dennis para fazer uma jogada de 'sign and trade' com o Celtics. Supondo que o novo contrato de Schroder esteja na faixa de US$ 20-25 milhões por temporada, isso funciona financeiramente.

    Isso faz muito sentido para o Celtics, pois eles podem obter dois ativos pelo preço de um, que pode aumentar a profundidade do seu elenco e são muito mais fáceis de serem negociados, se for o caso.

    Sem dúvida a jogada é arriscada para o Lakers, mas que pode valer a pena. Se Walker de alguma forma encontrar seu condicionamento que teve em Charlotte, então o Lakers teria um legítimo trio de estrelas em Los Angeles.

    Ainda assim, se Walker conseguir ao menos ter 85 por cento de seu condicionamento, ele será muito mais útil jogando no Lakers de LeBron e Davis, do que no Celtics de Tatum e Brown.

    Fala aí!