Espalhe!
  • Bate Papo 0
    nba_o_adeus_de_kyle_kuzma_no_lakers_pode_estar_proximo

    O Lakers caminha a passos largos para uma offseason bastante interessante, não apenas com seus agentes livres, mas também com jogadores que a diretoria pode trazer na próxima temporada. Mark Medina, do USA Today, espera que o Lakers enfim explore uma negociação por Kyle Kuzma, ao mesmo tempo que alguns agentes livres saiam sem uma tentativa da diretoria em mantê-los.

    “Não consigo ver por que o Lakers teria qualquer interesse em manter Dennis Schroder, Andre Drummond e Montrezl Harrell," disse Medina. O Lakers deve manter Alex Caruso e Talen Horton-Tucker, já que eles são jogadores de papéis confiáveis. Mas esperamos que Kyle Kuzma seja incluído nas negociações de troca, considerando sua extensão amigável à equipe e sua falha em ter consistência ao longo da temporada.”

    A questão mais complicada no ponto de vista de Medina, é que se o Lakers deixar Schroder ir embora, a diretoria não encontrará um jogador do seu calibre para negociar. A vantagem de manter Schroder é que o Lakers tem seu 'Bird Rights', o que permite que o time ultrapasse o limite do teto salarial para assinar novamente com o armador.

    Kuzma é o jogador mais negociável do Lakers, fora AD e LeBron

    Kuzma recebeu uma extensão de contrato durante essa temporada e o Lakers pode ter feito justamente para conseguir ter um valor interessante pelo jogador. Kuzma tem agora um contrato de três anos com o time no valor de US$ 39 milhões, e vai faturar US$ 13 milhões durante a próxima temporada. O jogador foi mal na série contra o Suns e não fez uma temporada regular como era esperado. Sem Davis e LeBron em quadra, Kuzma tinha todo espaço do mundo para imprimir seu jogo, e acabou não fazendo.

    Kuzma teve médias de 6.3 pontos, 3.8 rebotes e 1.2 assistências em 21.6 minutos por jogo contra o Suns. Bem abaixo da sua média na temporada de 12.9 pontos, 6.1 rebotes e 1.9 assistências. O Lakers precisava desesperadamente de Kuzma e dos outros jogadores para se juntar a LeBron James lutando contra uma lesão e Anthony Davis totalmente fora de combate nos últimos jogos. Kuzma disse que pretende fazer melhorias no seu jogo durante a offseason.

    "Eu não me importo com nada além de vencer. Estou muito animado para atacar neste verão e continuar a melhorar.”

    Lakers pode enfim achar uma troca por Kuzma

    Verdade é que Kuzma ainda está no Lakers por uma questão de que Rob Pelinka não tinha uma oferta boa o suficiente que fizesse valer a pena. O novo contrato coloca a negociação pelo jogador em outro patamar, e aí sim, o Lakers pode encontrar algo que valha a pena em troca.

    Foi noticiado durante esta semana que o Lakers teria explorado uma troca de Kuzma pelo armador do Nets Spencer Dinwiddie.

    “Los Angeles envolveu equipes com pacotes envolvendo Kyle Kuzma antes do prazo final de troca em março, disseram as fontes”, detalhou Fischer. “Kuzma começa um contrato de três anos de US$ 39 milhões na próxima temporada. Além de sua busca por Lowry, o Lakers estava vasculhando a liga em busca de oportunidades de adquirir um jogador em escala novato que talvez pudesse fazer parte da transição James-Davis e o inevitável futuro pós-James. Antes da lesão de Spencer Dinwiddie, o Lakers até perguntou sobre a adição do manipulador de bola reserva do Brooklyn em troca de Kuzma. ”

    O pensamento em torno da NBA é que o Lakers está aberto para trocar o jogador há algum tempo. A questão é o que eles poderiam conseguir em troca de Kuzma, especialmente vindo de seu desempenho decepcionante nos playoffs.

    “Acho que eles estão tentando trocar Kuzma há muito tempo”, disse um gerente geral assistente ao Bleacher Report. “Sua defesa sempre foi questionável, e acho que seu sucesso inicial tornou-se um pouco de ouro de tolo."

    Será que dessa vez o Lakers consegue um negócio interessante por Kyle Kuzma? Não vai demorar muito para sabermos. Agosto é logo ali.

    Os times da NBA com maiores chances de negociar por Damian Lillard

    Magic Johnson não acha que Dennis Schroder deva continuar no Lakers

    Magic Johnson não se conteve ao falar sobre Dennis Schroder.

    "Schroder, eu não acho que ele seja um Laker", disse Johnson sexta-feira em uma rádio de Los Angeles. "Essa é apenas minha opinião. Não sei se eles vão contratá-lo de volta ou não. Não acho que ele traz a mentalidade e atitude vencedora de que precisamos, e ele teve a chance de mostrar isso nesta série, e para mim, ele falhou. Mas, novamente, se ele voltar como Laker, vou apoiá-lo, vou torcer por ele e tudo mais, mas não acho que ele seja um Laker."

    Johnson costuma emitir sua opinião com certa frequência, e tem um ponto muito interessante em sua colocação. Mesmo se o Lakers fosse eliminado, Schroder teve a chance de provar que poderia ter a importancia necessária para que a diretoria fizesse de tudo para trazer ele de volta na próxima temporada.

    Além dos seus comentários sobre o armador, Johnson também sugeriu que o gerente geral Rob Pelinka vai ter dificuldades para trabalhar depois que o Lakers perdeu para o Suns em seis jogos na primeiro rodada:

    "Rob Pelinka vai ter muito trabalho neste verão porque muitos jogadores do Lakers não jogaram bem durante a série contra o Suns."

    Schroder, que supostamente rejeitou uma oferta de extensão de quatro anos de US$ 84 milhões do Lakers, disse que quer voltar ao time. "Se tudo estiver bem, vamos voltar e ganhar um campeonato no próximo ano."

    No entanto, ele teve um aproveitamento de 3-13 no jogo 4 contra o Suns, 0-9 no jogo 5 e 6-14 no jogo 6. O Lakers perdeu todos os três jogos e Schroder não foi capaz de ajudar consistentemente para compensar a produção perdida de Anthony Davis.

    Ele também obteve uma média de 15,4 pontos por jogo em 43,7% dos arremessos e 33,5% dos arremessos de três pontos durante a temporada, após uma média de 18,9 pontos por jogo em 46,9% dos arremessos e 38,5% de três pontos em 2019-20 no Thunder.

    Johnson não acha que ele é digno de ser um Laker depois de uma temporada sem muitos destaques.

    Fala aí!