Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    01 de Agosto de 2021 por Renato Campos

    nba_3_jogadores_que_podem_ajudar_a_defesa_e_a_bola_de_tres_do_lakers

    O que o Lakers ganhou em poderio ofensivo trocando Kentavious Caldwell-Pope e Kyle Kuzma por Russel Westbrook, o time perdeu na defesa de perímetro e no tiro de 3 pontos.

    Embora Caldwell-Pope e Kuzma não fossem excepcionais na defesa ou atiradores de três pontos de elite, na maioria das noites, eles eram bons o suficiente para serem impactantes jogando ao lado LeBron James e Anthony Davis. Westbrook tem enormes qualidades, incluindo o líder de todos os tempos da NBA em triple-doubles, mas não é um jogador que vai fazer impacto na defesa, nem com bolas de três pontos.

    Ao longo da carreira de 13 anos de Westrbook, ele nunca passou de 35% em bolas de longa distância. Sua temporada de maior sucesso na faixa de 3 pontos foi a temporada 2016-17, mesmo ano em que foi eleito o MVP da liga. Ao longo de 81 jogos naquela temporada, Westbrook acertou 34,3% de três pontos, com uma média de 7.7 tentativas por jogo. Desde então, ele acertou 21.9% no total de 1.223 tentativas - isso não é um número muito bom.

    Defensivamente, Westbrook sempre conseguiu perturbar o adversário, mas vale a pena ter jogadores mais disciplinados nessa área ao seu redor, sendo titular na quadra de armação. O problema é que encontrar um jogador que possa atirar e defender em um nível respeitável é difícil, especialmente quando você é um time com pouca grana para movimentar como o Lakers, e por isso que é tão importante que a diretoria traga de volta Alex Caruso e Wesley Mathews.

    Dito isto, existem alguns jogadores que poderiam ajudar o Lakers a preencher essa necessidade no período de agência livre que começa nesta segunda.

    Danny Green

    Por que o Lakers traria de volta um jogador que trocaram com uma escolha de primeira rodada no ano passado? É uma pergunta justa, mas uma pergunta melhor é: Green aceitaria um desconto para voltar e disputar outro campeonato ao lado de LeBron James e Anthony Davis?

    Felizmente, a resposta à segunda pergunta provavelmente é sim.

    Se há algo que Green provou na última temporada, é que seu único ano com o Lakers foi a exceção, não a norma, quando se trata de arremessos de três pontos. Em 69 jogos da temporada regular com o Philadelphia 76ers, Green acertou 40,5% de longa distância em um recorde de sua carreira de 6,3 tentativas por jogo.

    As métricas defensivas de Green caíram um pouco, mas ele ainda foi o terceiro melhor defensor do Sixers atrás de Ben Simmons e Matisse Thybulle, que fizeram times All-Defensive na última temporada. Resumindo, ele ainda é muito bom.

    Infelizmente, por todas as razões acima mencionadas, ele não sairá barato e o 76ers está em uma posição privilegiada para mantê-lo por um bom número. Mas talvez - apenas talvez - Green tenha aproveitado seu tempo em Los Angeles o suficiente para cobrar a exceção de nível médio de US$ 5,9 milhões.

    Rudy Gay

    Desta lista, Gay é o nome que tem sido mais mencionado com o Lakers após a troca por Westbrook.

    Gay terá 35 anos quando a temporada de 2021-22 começar e ele mostrou alguns sinais de declínio físico com o San Antonio Spurs na temporada passada, mas ainda é um jogador eficaz. Em 63 jogos saindo do banco, Gay teve uma média de 11.4 pontos por jogo, com aproveitamento 42% no geral e 38.1% de três pontos. Ele também contribuiu com 4.8 rebotes por jogo.

    Em certo sentido, Gay é a versão atualizada do que os torcedores do Lakers esperavam que Kuzma fosse no ataque ao lado de James e Davis, o que significa que ele seria perfeito como terceira ou quarta opção na primeira unidade e como primeira ou segunda opção na segunda unidade.

    Na defesa, Gay poderia ser melhor, mas ele tem um bom comprimento e se movimenta bem, que é tudo o que o Lakers precisa para contar com ele, especialmente se ele jogar na 4 ao lado de Davis em rotações de small-ball. O ajuste é perfeito e seu mercado provavelmente está próximo da exceção de nível médio.

    Otto Porter

    As equipes que trocaram por Otto Porter nos últimos anos estão esperando que ele volte à forma que tinha quando estava com o Washington Wizards. Embora o Lakers certamente não reclamasse se ele fosse um jogador do seu nível inicial, eles não precisam que ele seja; o que eles precisam é de sua defesa e tiro de 3 pontos.

    + Anthony Davis já sabe seu papel no Lakers depois da chegada de Russell Westbrook

    Porter é um atirador de 3 pontos de 40.2% de aproveitamento na carreira e tem o tamanho para jogar tanto na ala aberta, quanto na de força. Ele também se move bem no contra-ataque, o que se encaixaria na identidade teórica do Lakers com Westbrook.

    Confira a coleção BIG3 do Lakers

    O maior problema de Porter, é que ele tem lutado para se manter saudável nos últimos anos. Nas últimas três temporadas, Porter jogou apenas 98 jogos. É também por isso que ele está projetado para receber apenas um pouco mais do que o mínimo do veterano, apesar do fato de ter 28 anos.


    Fala aí!