Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    08 de Agosto de 2021 postado por Renato Campos

    nba_pode_cancelar_contratos_de_lonzo_ball_e_kyle_lowry_se_investigacao_apontar_irregularidade

    A NBA está investigando as negociações envolvendo Lonzo Ball e Kyle Lowry como potencial "tampering", de acordo com Ramona Shelburne e Adrian Wojnarowski da ESPN.

    Para quem não está familiarizado com o termo, "tampering" é quando um jogador ou equipe direta ou indiretamente atrai, induz ou tenta persuadir alguém (jogador, gerente geral, etc.) que está sob contrato com outra equipe para negociar seus serviços. A NBA pode impor suspensões e / ou multas se o fato for comprovado.

    Wojnarowski acrescentou que "a NBA deve examinar o contato antecipado" em relação às negociações que podem ter acontecido antes da abertura da agência livre às 18 horas da última segunda-feira.

    O Pelicans enviou Ball para o Bulls como parte de uma sign-and-trade que rendeu a eles o armador Tomas Satoransky, o ala Garrett Temple e uma escolha de segunda rodada. Ball assinou um contrato de quatro anos no valor de US$ 85 milhões como parte da negociação.

    Lowry assinou um contrato de três anos no valor de US$ 90 milhões e foi negociado pelo o Raptors para o Heat pelo jogador Precious Achiuwa e o armador Goran Dragic.

    Como as transações de Ball e Lowry foram relatadas logo após o início da agência livre, houve especulações de que as primeiras negociações foram realizadas, violando as regras da liga.

    Regras da NBA podem cancelar os contratos

    De acordo com Wojnarowski, a NBA fez várias mudanças em suas regras de tampering há dois anos, incluindo o aumento da multa máxima para US$ 10 milhões e permitindo a anulação de contratos, perda de escolhas e suspensão de executivos.

    Em dezembro, a NBA tirou a escolha do Bucks de segunda rodada em 2022 por causa de uma negociação de sign-and-trade com o Kings envolvendo Bogdan Bogdanovic. O sign-and-trade fracassou e Bogdanovic foi para o Atlanta Hawks.

    De acordo com as regras, a NBA pode examinar os registros de chamadas telefônicas, textos e e-mails de executivos para determinar se os regulamentos foram violados.

    Assumindo que os negócios do Ball e do Lowry ainda estão em andamento, eles devem ajudar o Bulls e o Heat em suas tentativas de disputar a supremacia da Conferência Leste.

    O Bulls não chega aos playoffs desde 2017, mas com uma quinteto titular potencial de Ball, Zach LaVine, DeMar DeRozan, Patrick Williams e Nikola Vucevic, essa seca pode terminar nesta temporada.

    + Durant e Draymond Green mandam mensagem para LeBron após ouro olímpico

    Enquanto isso, o Heat agora tem um Big 3 com Lowry, Jimmy Butler e Bam Adebayo e está há pouco mais de um ano longe de uma viagem para as finais da NBA, o que significa que eles podem mais uma vez ser um dos principais candidatos na próxima temporada.

    Fala aí!

    Lakers Brasil: Desde 2006, tudo sobre o Los Angeles Lakers

    • Facebook
    • Instagram
    • Twitter