Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    27 de Outubro de 2021 postado por Renato Campos

    nba_lakers_vence_na_prorrogacao_em_noite_de_westbrook_e_com_davis_dando_susto

    Não foi um jogo bonito, muito pelo contrário, mas o Lakers conquistou sua segunda vitória na temporada, aos trancos e barrancos por 125-121 na prorrogação contra o Spurs.

    Teve de tudo na noite desta terça. Westbrook em modo Westbrook próximo do seu primeiro triple-double pelo Lakers, Anthony Davis sentindo o joelho testando o coração do torcedor já no inicio da temporada, Malik Monk mostrando ser o cara mais consistente do time, Austin Reaves provando que tem potencial de sobra para ser o novo Caruso, e ainda assim, vimos um time que claramente ainda precisa de muito para jogar um basquete organizado e consistente.

    Quando o jogo começou, parecia que o Lakers não teria problemas para garantir sua vitória. Após um início lento, o fraco time do Spurs parecia iluminado por uma força extraterrena e complicou o caminho do time matando todas as bolas que chegavam ao seu domínio. Embora as coisas não estivessem como planejadas para o Lakers em quadra, o time de San Antonio nunca abriu demais o placar e o jogo se manteve parelho pela maior parte do tempo.

    Russell Westbrook sendo Russell Westbrook

    E convenhamos, se o Lakers venceu na noite desta terça, muito foi por conta da atuação de Russell Westbrook. O jogador terminou a noite com 33 pontos, 10 rebotes e 8 assistências, cometendo apenas três turnovers. Muito além de sua estatística, Russell mostrou seu instinto vencedor e buscou atacar a cesta e somente a vitória nos 40 minutos que esteve em quadra.

    Davis foi o cestinha do time com 35 pontos e 17 rebotes. Apesar de números dominantes, fica fácil perceber como o jogo de Davis é dificultado longe do aro. Apesar de toda sua contribuição, vimos Davis flutuando na linha dos três pontos e tentando fadeaways longe do garrafão. Mas foi perto do aro que ele foi capaz de fazer a diferença pro time. Fora do garrafão, Davis fez apenas seis dos seus 35 pontos.

    O susto com Anthony Davis

    O momento de maior tensão na partida, foi quando Davis voltou a sentir o joelho lesionado na última temporada, durante o quarto período. Parecia que Davis não retornaria, mas o jogador continuou em quadra e jogou por 42 minutos. Ainda não se sabe a gravidade da lesão do jogador, mas é dificil de acreditar que ele joga esta quarta contra o Thunder.

    Além de Davis e Westbrook, Malik Monk fez uma partida muito sólida com incríveis 31 pontos de plus / minus. O armador que foi titular na ausência de LeBron, marcou 17 pontos e mostrou muita disciplina dentro de quadra, em um jogo na maior parte do tempo bagunçado.

    Assim como Monk, Austin Reaves teve sua primeira atuação de dígitos duplos na carreira, marcando 10 pontos e provando que é frio o suficiente para matar seus arremessos, e extremamente técnico para se manter na formação de jogo quando o time mais precisa.

    Por fim, e não com menos valor, Dwight Howard precisa ser destacado por sua consistência defensiva nesse confronto. Mais do que nunca ela mostra que precisa ser o pivô titular desse time, caso Davis realmente não jogue muito por lá. Howard marcou apenas seis pontos e arremessou uma bola, mas teve uma atuação importante quando o time precisou de uma presença no garrafão defensivo.

    Sem muito tempo para ajustes e descanso, o Lakers já parte essa noite para Oklahoma City, onde enfrenta o Thunder nesta quarta às 21h.

    Lakers

    lakers

    Spurs

    spurs

    Confira os lances do jogo


    Acompanhe o Lakers Brasil!

    LABR no Instagram

    LABR no Twitter

    LABR no Facebook

    Loja oficial LABR

    Fala aí!

    Lakers Brasil: Desde 2006, tudo sobre o Los Angeles Lakers

    • Facebook
    • Instagram
    • Twitter