Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    22 de Novembro de 2021 por Renato Campos

    nba_davis,_melo_e_westbrook_comentam_briga_e_expulsao_de_lebron_james

    Cá pra nós. LeBron James mereceu receber a falta flagrante 2 e ter sido expulso na vitória do Lakers sobre o Pistons neste domingo em Detroit.

    LeBron nunca foi um cara violento ou sujo, mas por mais que a disputa do box-out tenha sido mais forte que o normal, o jogador acabou dando uma cotovelada no jogador do Pistons Isaiah Stewart e deu no que deu.


    E foi a partir daí, que talvez o Lakers tenha tido o maior senso de urgência na temporada e garantiu a vitória por 121 a 116.

    Após a partida, Davis e os demais companheiros de LeBron acabaram tendo que responder sobre o que aconteceu em quadra e deram sua opinião sobre o companheiro e sobre o que a grande briga desencadeou.

    “Todo mundo na liga sabe que LeBron não é um cara sujo”, disse Davis. “Assim que ele fez isso, ele olhou para ele como, ‘Desculpe. Eu não queria fazer isso' ”.

    Certamente, os torcedores do Pistons discordam. A próxima grande questão será se a liga pensa assim ao analisar uma provávele suspensão. LeBron não carrega a reputação de jogador sujo.

    Nem LeBron nem Stewart falaram com a imprensa após o jogo.

    “Não sei o que ele estava tentando fazer”, disse Davis sobre Stewart. “Mas eu sei que ninguém em nossa equipe iria permitir qualquer coisa. Vamos proteger nosso irmão. ... Não foi de propósito. "


    Em geral, o Lakers colocou uma visão positiva sobre a confusão, como um momento potencialmente um divisor de águas para a equipe, se fortalecendo fisicamente como um gesto simbólico de que precisariam vencer aquele confronto.

    “A confusão, poderia ter resultado em duas coisas: poderia ter acabado com a gente ou poderia ter nos unido e acho que foi exatamente isso. Isso nos uniu ”, disse DeAndre Jordan. “Nós poderíamos nos perder no jogo, mas não o fizemos. Continuamos a lutar e sabíamos, obviamente, com LeBron fora, que tínhamos que intensificar ainda mais. ”

    Carmelo Anthony ecoou os mesmos sentimentos:


    "Poderíamos facilmente ter deixado o jogo escapar, mas precisávamos nos unir naquele momento ... precisávamos de algo assim para acender nosso fogo." Carmelo Anthony desempenhou um papel fundamental na vitória do Lakers com 18 pontos em 5 de 8 de três.

    Vogel elogiou o Lakers por sua compostura em meio a uma situação acalorada e a transformou em uma necessária vitória.

    “Acho que nossos rapazes fizeram um bom trabalho protegendo um colega de equipe, mas não tentando piorar a situação. Isso é o que você quer. Você quer defensores da paz nessas situações e, na maior parte do tempo, senti que nossos caras fizeram isso, enquanto obviamente formavam uma parede em torno de um colega de equipe. ”

    “Para mim, é uma daquelas coisas que podem mudar o ritmo da sua temporada, ver caras se reunindo em torno de um companheiro de equipe que acabou de ser expulso daquele jeito”, acrescentou Vogel. “Joguei com caras incríveis ... essa é a determinação de que esse time vai precisar ... Vamos dar o melhor todas as noites.”

    Quanto a Russel Westbrook, ele estava mais preocupado com o motivo de ter recebido uma técnica pela pela confusão.


    Se LeBron receber uma suspensão de um jogo, ele perderá a visita anual a um de seus palcos favoritos: Madison Square Garden. O Lakers enfrenta o New York Knicks na terça-feira.

    Relacionadas

    LeBron James chama atenção do Lakers após fraco início de temporada

    LeBron James acusa jogador do Celtics em usar seu nome para tirar vantagem

    Acompanhe o LABR

    LABR no Instagram

    LABR no Twitter

    LABR no Facebook

    Fala aí!