Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    22 de Dezembro de 2021 postado por Renato Campos

    nba_lebron_james_e_sincero_ao_falar_onde_o_time_do_lakers_pode_chegar

    Após a derrota desta terça contra o Suns em Los Angeles, o Lakers tem agora uma campanha de 16 vitórias e 16 derrotas na temporada. LeBron, em entrevista coletiva, deu a entender que sabe tanto do potencial da sua equipe agora, quanto sabia quando o time ainda não tinha entrado em quadra em outubro passado.

    "Não sabemos", disse LeBron. "Não temos ideia do que essa equipe pode se tornar."

    Depois de ver sua atuação de 34 pontos ir pro lixo, o que inclusive marcou seu oitavo jogo acima dos 30 pontos nos últimos 12 jogos do time, LeBron também comentou sobre os contratempos que o Lakers tem sofrido.

    "Então, como podemos avaliar totalmente o que temos quando não estamos completos? Não me lembro da última vez que jogamos com a mesma equipe titular e tivemos a mesma rotação saindo do banco", disse LeBron. "Já faz muito tempo. Portanto, é difícil avaliar isso."

    De fato, o Lakers teve sua 17ª equipe titular diferente da temporada neste jogo contra o Suns. O que significa que, em média, o Lakers não conseguiu jogar mais do que dois jogos seguidos este ano sem precisar mudar a escalação.

    No jogo desta terça, o Lakers construiu uma vantagem inicial de 10 pontos contra o Suns, mas perdeu o controle no segundo tempo quando o time do Arizona superou o Lakers por 31-21 no terceiro período e abriu vantagem de até 22 no último.

    "Obviamente, eles estão com força total e nós não, por isso é difícil ver onde estamos como equipe", disse LeBron.


    David Fizdale, que ocupa o cargo de técnico enquanto Vogel está nos protocolos, elogiou o jogo do Suns, mas acrescentou que eles tiveram a sorte que faltou ao Lakers.

    "Eles tiveram muita continuidade e muita sorte", disse Fizdale. "É uma sorte estar saudável. Essa continuidade é um grande negócio, e eu realmente sinto que, nas nossas circunstâncias, a atitude dos caras e como eles estão abordando isso tem sido fantástica. Para mim, isso torna mais fácil acreditar que vamos ficar bem."

    Fizdale, que era assistente do Miami Heat quando James, Dwyane Wade, Chris Bosh e companhia os levaram a quatro finais consecutivas da NBA e dois títulos, disse que LeBron continuará avançando em meio à adversidade.

    "A única coisa sobre LeBron, e eu não gosto de falar por ele, é que ele não vai se envolver com essas coisas negativas, e nem nós", disse Fizdale. "Bron está olhando para tudo isso apenas como o novo desafio que tem pela frente. Depois de todos esses anos, ele simplesmente não fica abalado com nada disso. Ele não é um culpado, ele não é um reclamão, ele não está apontando o dedo. Ele vai descobrir soluções. "

    LeBron já classificou esta temporada como o maior desafio de sua carreira e disse que o Lakers precisaria se sentir confortável e desconfortável para superar seus obstáculos.

    Seu novo companheiro, Russel Westbrook, cujos 22 pontos e cinco assistências foram manchados por sete turnovers contra o Suns, ainda parece confiante.

    "Estou muito otimista", disse Westbrook. "Já passamos por tanto como uma equipe e ainda estamos passando por isso como uma unidade. E a melhor parte sobre isso. Essa é uma temporada da NBA. O mais importante é ficarmos juntos. Que isso nunca nos divida."

    São tempos difíceis para o Lakers. Talen Horton-Tucker teve aproveitamento de 1 de 13 depois de perder três jogos por causa do COVID, e LeBron disse que era "ótimo ter outro cara de volta", não importa a porcentagem de arremessos.

    No entanto, ainda faltam 50 jogos na temporada regular. Tempo de sobra para encontrar um ritmo, contanto que o Lakers não desista.

    "Obviamente, esse é o negócio de Bron", disse Fizdale. "Os caras olham para Bron como um líder, mas ele e Frank têm sido espetaculares do ponto de vista de pregar a paciência, mas também responsabilizar as pessoas. É fácil dizer, seja paciente e apenas encubra o que tá errado. Aja como se as coisas estivessem ótimas. Mas não estão, e eles não agem assim. Eles estão responsabilizando cada um. Estamos tratando das coisas que precisamos acertar, e esses dois estão realmente liderando isso. "

    Fique por dentro

    O Bulls roubou mais um jogador do Lakers essa semana

    Enquete mostra torcida do Lakers dividida em relação a Anthony Davis

    Acompanhe o LABR

    LABR no Instagram

    LABR no Twitter

    LABR no Facebook

    Fala aí!