Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    06 de Janeiro de 2022 postado por Renato Campos

    nba_a_verdade_sobre_o_futuro_de_russell_westbrook_no_lakers

    Quanto mais nos aproximarmos do prazo final de trocas da NBA, no dia 10 de fevereiro, mais teremos rumores ligados ao Lakers.

    Depois que o Lakers adicionou Russell Westbrook na offseason, o primeiro burburinho era como o armador iria se comportar ao lado de LeBron James e Anthony Davis. Depois de um início difícil, o primeiro rumor envolvendo o jogador seria de que o Lakers o teria oferecido para o Sixers em troca de Ben Simmons.

    Mais recentemente, o jornalista Sam Amick do The Athletic reportou nesta quarta que o Lakers quase negociou Russ no início da temporada, obviamente sem sucesso.

    "Tudo isso explica por que as fontes dizem que o Lakers mostrou algum interesse em discutir uma possível negociação por Westbrook com executivos de outros times no início desta temporada. Um negócio parece extremamente improvável antes do prazo final de 10 de fevereiro, até porque seu contrato, que antes era visto por tantos como não negociável, é um obstáculo enorme. Mas dentro do Lakers, ao que parece, há algum reconhecimento de que a adição não aconteceu como James e Davis haviam planejado."

    Imaginar que o Lakers teve realmente interesse em negociar Russell Westbrook no início da temporada é algo bastante fora da curva. Com problemas de lesões, e com um planejamento posto a mesa, o Lakers não desistiria tão fácil de buscar uma condição em quadra para seu trio.

    Mas se de fato o Lakers buscou uma troca, fica fácil também notar que o mercado do jogador é um dos mais difíceis de ser trabalhado, tendo em vista seu alto contrato. O único motivo pelo qual o Lakers adicionou o jogador, é que a diretoria gostaria sim de adicionar uma terceira estrela ao elenco.

    Se o Lakers quiser ter sucesso em trocar o jogador, vai precisar buscar um nome com contrato equivalente. E hoje na liga, essa lista é muito pequena e porque não dizer, com alguns nomes pouco atraentes.

    Outro ponto que pode ser avaliado, é que se o Lakers tentou negociar Russ no início da temporada, talvez a diretoria e comissão técnica estejam mais confortáveis com sua nova adição neste momento. O Lakers, apesar de todos os problemas, vai encontrando sua identidade no small ball e Russ parece mais integrado ao time.

    Concluindo, não faria sentido algum a diretoria tentar negociar Russell Westbrook agora. Pelinka nunca fez trocas durante a temporada e parece que não vai ser dessa vez. Além do mais, Russell Westbrook está jogando exatamente o que ele sempre jogou em qualquer time. Ele não está sendo pior, nem melhor. Ele está sendo Russell Westbrook. E a diretoria do Lakers sabia o que teria pela frente.

    Fique por dentro

    Lakers define futuro de Stanley Johnson

    Draymond Green faz previsão ousada para o resto da carreira de LeBron James

    Acompanhe o LABR

    LABR no Instagram

    LABR no Twitter

    LABR no Facebook

    Fala aí!