Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    07 de Janeiro de 2022 por Renato Campos

    nba_lebron_james_reage_indignado_a_comentario_feito_em_transmissao_do_jogo_do_wizards

    LeBron James ficou indignado com o comentário ao vivo do comentarista Glenn Consor em partida do Wizards.

    Consor, que narrou o jogo do Wizards contra o Rockets na quarta-feira, foi extremamente infeliz depois que o armador do Rockets, Kevin Porter Jr., acertou um arremesso para dar a vitória para seu time.

    “Kevin Porter Jr., como seu pai, puxou o gatilho na hora certa”, disse Consor.


    O pai de Porter Jr, Bryan Kevin Porter Sr., cumpriu quatro anos e meio de prisão depois de se declarar culpado pela morte a tiros de uma menina de 14 anos em 1993. Porter Sr. morreu então em 2004 depois de levar cinco tiros durante uma briga de bar em Seattle, Washington. Porter Jr. tinha apenas quatro anos.

    Muito ativo em suas redes, LeBron reagiu ao fato em seu Twitter.

    "Oh, ele achou isso legal né !! ?? Nah, nós não precisamos passar por isso! Desculpe, mas isso não vai ficar dessa forma! Como você pode ser insensível ao dizer algo assim. Eu oro por você, mas não há lugar para você em nosso lindo jogo!"

    Consor pediu desculpas por sua escolha de palavras, dizendo que achava que Porter Jr. era filho de Kevin Porter Sr., um ex-armador da NBA que jogou pelo Washington nas décadas de 1970 e 1980. Consor acrescentou que havia entrado em contato com Porter Jr. pessoalmente e esperava falar com ele em breve.

    Na verdade, muitos inicialmente pensaram que Consor simplesmente cometeu um erro muito lamentável, mas que foi honesto. Kevin Porter Sr. foi um jogador notável para Washington, liderando a NBA em assistências quatro vezes diferentes. Portanto, faz sentido que um locutor do Wizards o tivesse em mente. Além disso, a franquia era conhecida como o Bullets quando Kevin Porter Sr. jogava para eles, o que pode ter dado origem subconsciente à linguagem de Consor de "puxar o gatilho".

    Mas, apesar dessas explicações plausíveis (bem como do próprio pedido de desculpas de Consor), LeBron falou sobre o assunto durante uma coletiva na quinta-feira. LeBron estava ciente das desculpas de Consor neste momento.

    “Eu mantenho meu tweet”, disse James, de acordo com Ryan Ward do Lakers Nation. “Eu mantenho tudo que eu disse. Então, vamos apenas dizer, ele pensou que era esse o caso. Então, recebemos relatórios de scouting sobre os jogadores, e eu conheço vocês da mídia, vocês recebem memorandos e muitas outras coisas sobre os jogadores antes do jogo, certo? E eu acredito que vocês fazem sua devida diligência também quando recebem seus relatórios sobre times que estão prestes a jogar, assim como seu próprio time, certo?

    “Então, eu estava realmente assistindo ao jogo ao vivo na noite passada quando soube e esperei,” LeBron continuou. “Não fiz de imediato, como pode ver no meu tweet. Eu estava assistindo ao jogo. Então, se for esse o caso, se eu sou um locutor, e estou cobrindo um time - o time da minha cidade - no caso dele ele está cobrindo o Wizards. Então ele se lembra do Kevin Porter que costumava jogar pelo Bullets, correto? A primeira coisa que eu teria feito seria dizer: ‘Oh, Kevin Porter Jr. está vindo para a cidade. Deixe-me ver se esse é o filho dele. 'Eu teria feito essa devida diligência antes, e acho que todos teriam feito a mesma coisa. Diga-me, estou errado? ”

    Na verdade, Consor não é um locutor fixo do Wizards. Ele estava substituindo o comentarista Drew Gooden na quarta-feira ao lado do locutor Justin Kutcher.

    Alykhan Bijani do The Athletic acrescentou que LeBron realmente conversou com repórteres por mais de sete minutos sobre o assunto. LeBron também disse que “é minha obrigação garantir que ele saiba que o estou protegendo”.

    Fique por dentro

    LeBron James ou Stephen Curry: quem tem o melhor legado na NBA

    Buddy Hield fala pela primeira vez sobre sua negociação com o Lakers

    Acompanhe o LABR

    LABR no Instagram

    LABR no Twitter

    LABR no Facebook

    Fala aí!