Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    09 de Janeiro de 2022 por Renato Campos

    nba_o_experimento_de_sucesso_que_fez_o_lakers_voltar_a_vencer_

    O Lakers emergiu de uma sequência de cinco derrotas com energia renovada, vencendo cinco dos últimos seis jogos. Com Anthony Davis afastado, o Lakers está alcançando novos patamares ofensivos e têm desfrutado de uma sequência de quatro vitórias, a mais longa da temporada. O time marcou 130 pontos três vezes neste período, todos no tempo normal de jogo e com vitórias.

    Mover LeBron James para a posição de pivô parece ter desbloqueado o ataque do Lakers, já que o time não perdeu ainda com LeBron na posição. Enquanto o time continuar vencendo, eles devem continuar com esta estratégia.

    Marcar 127 pontos por jogo tornaria o Lakers o melhor ataque por uma ampla margem. Obviamente, esse ritmo não é sustentável, mas dá uma ideia do que essa estratégia de small-ball pode fazer pelo time. LeBron comandando o ataque com outros jogadores que podem arremessar e pontuar tem sido uma receita para o sucesso. Ele quebrou um dos recordes de Michael Jordan ao se destacar neste novo ataque do Lakers.

    Stanley Johnson foi um dos principais motivos pelos quais o Lakers conseguiu fazer essa estratégia funcionar. O jogador de 25 anos atua como o centro da defesa, usando sua capacidade atlética e versatilidade para marcar quem quer que esteja do outro lado. Em um dos jogos em que LeBron jogou como pivô, Johnson não estava disponível, então Trevor Ariza ocupou seu lugar, dando ao time mais arremessos de perímetro do que com Johnson.

    Usar Johnson e Ariza oferece dois looks diferentes para o Lakers: um com uma defesa mais enérgica e outro com mais potência ofensiva. Valeria a pena para o Lakers assinar com Johnson um contrato até o fim da temporada, que está em mais um contrato de 10 dias.

    É importante destacar que a série do Lakers veio contra algumas das piores defesas da liga. Contra times com jogadores fortes no garrafão como o Bucks, Sixers e Nuggets, eles podem ter que voltar a uma escalação mais tradicional. Ainda assim, os benefícios do ataque fazem valer a pena tentar contra qualquer equipe.

    Colocar LeBron na posição central é certamente algo que o Lakers deve continuar usando. Quando Davis retornar da lesão, eles podem colocá-lo de volta na posição quatro e continuar sua experiência bem-sucedida. Quem sabe?

    Fique por dentro

    LeBron James prova porque ele é o jogador mais completo da história da NBA

    Acompanhe o LABR

    LABR no Instagram

    LABR no Twitter

    LABR no Facebook

    Fala aí!