Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    02 de Fevereiro de 2022 postado por Renato Campos

    nba_lebron_james_fora_do_lakers_analista_acredita_que_sim

    Com o prazo final de trocas acontecendo já na próxima semana, Rob Pelinka e companhia terão uma semana agitada no escritório do Lakers.

    Espere uma semana com muitos rumores envolvendo principalmente Talen Horton-Tucker, que de acordo com muitos insiders, é o nome que o Lakers tem usado para tentar fazer algo acontecer e melhorar o seu elenco em uma negociação.

    Com isso, chegam também aqueles rumores de analistas que tentam fazer previsões sobre o futuro das franquias. E nesta terça, foi a vez do ex-jogador do Knicks, Charles Oakley, dar sua opinião.

    De acordo com Oakley, uma das coisas mais importantes que permanecem na lista de objetivos de LeBron antes que ele deixe as quadras, seria ganhar outro campeonato. Oakley não está completamente confiante de que LeBron será capaz de conseguir isso com o Lakers e é exatamente por isso que ele acredita que LeBron vai se deixar a equipe mais cedo ou mais tarde:

    “Você conhece LeBron, seu legado agora é que ele definitivamente quer ganhar um campeonato antes de se aposentar”, afirmou Oaklay na SiriusXM NBA Radio. “Ele pode sair de LA para conquistar isso. Não sei se será Cleveland, poderia ser em outro lugar. Ele saiu duas vezes. Ele vai sair de novo."


    Por outro lado, Oakley disse que acredita que o Lakers ainda é capaz de mudar sua temporada para ganhar o título. As lesões têm sido um dos maiores obstáculos para esta equipe e, de acordo com Oakley, o time ainda é capaz de vencer o título este ano.

    Sabemos que LeBron fez isso no passado, mas nada indica que ele vai querer novamente trocar de time por agora. Se existe um motivo concreto que faria LeBron deixar o Lakers em um futuro relativamente próximo, seria para jogar com seu filho Bronny James. Mas até lá, muita coisa ainda pode acontecer.

    LeBron vai desfalcar o Lakers por mais tempo

    LeBron James deve perder pelo menos mais um jogo e potencialmente ainda mais por conta de sua lesão no joelho.

    De acordo com Shams Charania, do The Athletic e Stadium, LeBron deve perder o jogo de quarta contra o Blazers e possivelmente "mais alguns jogos".

    "A estrela do Lakers, LeBron James, deve perder o jogo de quarta contra o Portland, e pode estar fora de mais alguns jogos devido a uma "irritação" no joelho esquerdo, disseram fontes ao The Athletic e Stadium. O Lakers quer ser cauteloso e permitir que James retorne assim que o inchaço diminuir."

    [adgoogle][/adgoogle]

    LeBron está tendo mais uma temporada fantástica, com médias de 29,1 pontos, 7,7 rebotes e 6,3 assistências, enquanto tem aproveitamento de 52,2% no geral e 35,2% de três pontos em 36 jogos.

    No entanto, a dor no joelho já lhe custou os últimos três jogos, enquanto ele perdeu pouco mais de duas semanas em novembro com uma distensão abdominal.

    À medida que LeBron envelhece, as lesões têm desempenhado um fator mais frequente em sua carreira. Natural, mas ainda assim, LeBron disse que não quer gerenciar seu tempo dentro de quadra, embora o técnico Frank Vogel ter dito que pensa nisso todos os dias:

    "Penso nisso todos os dias. Estamos sempre atentos à carga que ele tem em quadra, em constante comunicação com ele e a equipe médica. Não é realmente uma coisa que o treinador principal resolva, mas sim contar com a equipe médica."

    Enquanto LeBron continua de fora, Davis e Russell Westbrook terão que carregar o ataque do Lakers. Com eles, Malik Monk, Wayne Ellington e Talen Horton-Tucker devem continuar no time titular. Mas sua ausência é uma grande preocupação para o Lakers que tem hoje uma campanha de 24 vitórias e 27 derrotas.

    Fique por dentro

    Quem pode chegar e deixar o Lakers antes do prazo final de trocas

    Allen Iverson se emociona ao autografar pôster com Kobe Bryant

    Membro do Lakers fala sobre o dia a dia sem LeBron no time

    Acompanhe o LABR

    LABR no Youtube

    LABR no Instagram

    LABR no Twitter

    LABR no Facebook

    Fala aí!