Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    26 de Fevereiro de 2022 postado por Renato Campos

    nba_o_dia_do_fico_de_lebron_james_no_lakers

    [nobeta][/nobeta]

    Depois de um fim de semana do All-Star turbulento para o Lakers, LeBron James tranquilizou a torcida do Lakers. Pelo menos por enquanto.

    LeBron em entrevista após derrota do para o Clippers nesta sexta-feira, disse que quer continuar jogando pelo Lakers.

    "Esta é uma franquia com a qual me identifico. Estou aqui. Estou aqui. Eu me vejo com o roxo e o dourado enquanto eu puder jogar."

    Nada mais natural. LeBron ainda tem um ano de contrato e pode até, assinar uma extensão na próxima offseason no valor de US$ 97 milhões.

    [adgoogle][/adgoogle]

    Mas tudo tem um porém, como tudo na vida. LeBron não deve assinar uma extensão com o Lakers imediatamente até que ele perceba os movimentos da diretoria. O Lakers precisa melhorar drasticamente se quiser manter LeBron por perto, que voltou a afirmar, também durante o intervalo do All-Star, que vai terminar sua carreira jogando com seu filho.

    "Também tenho um objetivo que, se for possível - nem sei se é possível - que se eu puder jogar com meu filho, adoraria fazer isso. Tipo, é algo que qualquer homem não deveria querer na vida? Isso é a coisa mais legal que poderia acontecer. Isso não significa que eu não queira estar com essa franquia."

    Outro ponto importante em sua entrevista, foi que LeBron disse que queria deixar claro que o papel dele no Lakers é como jogador. Ele é sempre consultado por Rob Pelinka, assim como Anthony Davis, mas as decisões finais é de responsabilidade da diretoria.

    "Eu não aperto os botões. Eles pedem minha opinião e eu expresso minha opinião e no que acredito. Mas não aperto nenhum botão. É para isso que serve nosso front office. Eu não aperto nenhum botão. Vamos deixar isso claro agora."

    LeBron também comentou que os recentes elogios feitos ao GM do Los Angeles Rams, Les Snead, e ao GM do Thunder, Sam Presti, não estava ligado a uma crítica ao trabalho da diretoria do Lakers.

    "Rob fez a mesma coisa. Ele foi atrás de AD, certo? Ele não se importou com escolhas também, obviamente."

    "Se eu comentar ou elogiar o GM que está em OKC - eu realmente acredito que ele fez um trabalho fenomenal. Vocês atestam que eu estava falando que Rob não está fazendo um ótimo trabalho. E se eu elogiar o GM dos Rams: eu amei a porra da camiseta dele. Achei incrível. E penso da mesma forma. Não me importo com escolhas, me importo em ganhar campeonatos. Como isso pode ser dirigido a Rob e à franquia Lakers? Rob fez a mesma coisa. Ele foi atrás de AD, certo? Ele não se importou com escolhas também, obviamente."


    Antes da entrevista de LeBron, Adrian Wojnarowski, da ESPN, disse que o agente de LeBron, Rich Paul, se reuniu com a diretoria do Lakers na terça, e tiveram algumas horas positivas em relação ao futuro do jogador.

    Quando questionado sobre a reunião, LeBron disse que achava importante deixar tudo muito claro entre as duas partes e que não se importavam com todo barulho externo que estava acontecendo.

    Pelo menos por enquanto, LeBron James será um Laker pra sempre.

    Fonte de referência: ESPN

    Fala aí!