Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    18 de Fevereiro de 2022 postado por Renato Campos

    nba_o_dia_que_lebron_james_pediu_para_tecnico_cobrar_empenho_de_kobe_bryant

    Durante as Olimpíadas de 2008, LeBron James teria feito um pedido contundente ao técnico da equipe dos EUA, Mike Krzyzewski, sobre Kobe Bryant.

    No novo livro de Ian O'Connor, "Coach K", incluiu um trecho relacionado à seleção de arremessos de Bryant e ao nível de motivação durante um jogo de vitória apertada da seleção.

    "Com o tempo, Kobe se sentiu revigorado pelo desafio único diante dele. Ele era profissional há 10 anos e apreciava o fato de o treinador K o estar motivando de uma maneira que não tinha nada a ver com dinheiro. Mas padrões são padrões e, de repente, na noite de 5 de agosto de 2008, Bryant não estava conectado com o time dos EUA. Ele deu alguns arremessos sem sentido no segundo tempo contra a Austrália – o suficiente para chamar a atenção de seus companheiros de equipe. Os EUA venceram por 87-76, mas pareciam extremamente vencíveis nesta partida. Os americanos estavam ansiosos para continuar com o torneio olímpico, e Kobe, aparentemente entediado, parecia estar aumentando o grau de dificuldade em algumas tentativas.

    Ei, treinador, é melhor você consertar esse filho da puta.

    “Todo mundo sabia disso”, diz um funcionário da equipe dos EUA. “Eles sabem quando outro jogador está sendo egoísta. Os jogadores podem se policiar, mas neste caso, quando LeBron estava saindo do jogo, ele disse a Mike: 'Ei, treinador, é melhor você consertar esse filho da puta', enquanto ele passa por perto. Ele estava falando sobre Kobe.”

    Krzyzewski, que já havia levado a Duke University a três títulos da NCAA naquela época, obviamente conseguiu motivar seus jogadores do Blue Devils no passado. O mentor acabaria encontrando uma maneira de colocar Bryant de volta nos trilhos.

    Isso porque a equipe dos EUA acabou ganhando a medalha de ouro naquelas Olimpíadas. Entre LeBron e Kobe, não houve animosidade duradoura um com o outro sobre o momento acalorado.

    No entanto, oferece uma janela para a natureza competitiva de LeBron, bem como um raro momento em que Bryant não estava se esforçando para dar o seu melhor.

    Uma das razões pelas quais os membros da equipe dos EUA, como LeBron, estavam nervosos com sua vitória relativamente apertada foi por causa das pressões envolvidas na época.

    Apenas quatro anos antes, a equipe dos EUA havia conquistado apenas uma medalha de bronze e jogou mal naquela Olimpíada em particular. O esforço mais determinado em 2008 levou o time daquele ano a ser apelidado de “Redeem Team”.

    O livro de O'Connor sobre Krzyzewski será lançado nos meses finais da carreira do lendário treinador. Ele se aposentará no final da atual temporada de basquete universitário.

    O histórico mandato de Krzyzewski em Duke quase terminou em 2004, quando ele chegou perto de se tornar treinador do Lakers. Na época, a equipe estava procurando substituir outra lenda do treinador, Phil Jackson, que havia renunciado no mês anterior.

    Mais atualizações sobre o Lakers

    Alvo do Lakers vai assinar com o Bulls

    Vídeo hilário com LeBron James fugindo de duas mulheres circula nas redes

    LeBron James reage a mais uma lesão de Anthony Davis com o Lakers

    Acompanhe o LABR

    LABR no Youtube

    LABR no Instagram

    LABR no Twitter

    LABR no Facebook

    Fala aí!