Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    24 de Fevereiro de 2022 postado por Renato Campos

    nba_o_que_o_cavs_pode_oferecer_ao_lakers_para_levar_lebron_james

    [nobeta][/nobeta]

    Você se lembra quando o Lakers negociou Shaquille O'Neal?

    A situação que o Lakers vive hoje não é muito diferente do que a franquia já viveu anos atrás. Como relatou em seu artigo no B/R, Eric Pincus relembrou o ano de 2004, quando Jerry Buss resolveu uma situação semelhante trocando o pivô para o Heat, para garantir que Kobe Bryant ficasse no Lakers por longo prazo.

    [adgoogle][/adgoogle]

    Quase 20 anos depois, a diretoria do Lakers talvez tenha que tomar uma decisão parecida com LeBron James.

    Se LeBron optar por não estender seu contrato em agosto, Jeanie Buss e a diretoria do Lakers pode considerar a troca do maior nome da franquia nos últimos anos.

    O Lakers está atualmente em nono na Conferência Oeste, faltando apenas 23 jogos da temporada regular. Se antes o objetivo do time era o título, agora é uma vaga no play-in. A franquia pode ficar de fora dos playoffs com Anthony Davis desfalcando o time mais uma vez.

    Seja qual for o resultado, a decisão de LeBron não deve acontecer nos próximos meses. A especulação sobre o futuro do jogador já começou, e o Cleveland Cavaliers pode ser uma possibilidade depois de seus comentários no All-Star.

    O Lakers precisa de uma resposta rápida. Se LeBron estender seu contrato, a equipe precisará melhorar seu elenco. Esse não é um trabalho simples para Buss e o presidente de operações de basquete, Rob Pelinka, executar. Mas pode ser muito mais fácil com LeBron por perto.

    Por outro lado, se LeBron estiver determinado a vestir uma nova camisa, provavelmente ele vai querer escolher seu destino.

    O que o Cavs tem pra oferecer ao Lakers?

    O Cavaliers pode ter espaço suficiente para dar um contrato de US$ 46,7 milhões por LeBron na temporada 2022-2023. 

    A decisão para o Lakers pode significar trocar um dos maiores nomes da NBA com o Cavs ou deixá-lo sair por nada.

    Se LeBron optar por seguir em frente após o término de seu contrato, e se Cleveland for de fato seu próximo destino, um pacote construído em torno de Sexton, Markkanen e uma ou duas escolhas de primeira rodada é suficiente para o Lakers? Se o pedido do Lakers for por Evan Mobley ou Jarrett Allen ou Garland, isso resultaria em um “não” do Cleveland.

    Se o Lakers não quiser Sexton, Markkanen ou os outros jogadores, Cleveland pode precisar recrutar um terceiro ou quarto time para um acordo. Outro fator a ser considerado é o espaço de US$ 60-75 milhões no limite que o Lakers projeta para a offseason de 2023 sem LeBron.

    Verdade é que, embora o Lakers esteja aberto para vasculhar o mercado em busca de ofertas de outras equipes, se LeBron escolher o Cavaliers, as opções serão significativamente limitadas.

    Outro ponto a ser considerado em toda essa história, é como será o futuro de Anthony Davis na franquia. Se Lakers e LeBron se separarem, a diretoria procuraria construir em torno do jogador? Ou será que Pelinka consideraria o status de saúde de Davis para fazer uma reconstrução completa?

    Por enquanto, o Lakers ainda não quer trocar LeBron, e o jogador está apenas insatisfeito. Mas tudo vai depender do que LeBron vai decidir em agosto.

    Fonte: SB Nation

    Fala aí!