Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    04 de Março de 2022 postado por Renato Campos

    nba_caos,_desespero_e_o_mesmo_roteiro_em_los_angeles

    O Lakers simplesmente não consegue derrotar nenhum time da NBA neste momento. 

    E por mais que reações tardias sejam uma característica deste elenco, eles não estão mais acostumados a lidar com liderança dentro de quadra. Isso é um fato.

    O caos está instaurado de um lado da cidade de Los Angeles.

     

    Depois de ter perdido os três primeiros confrontos contra o seu vizinho, o Lakers fechou a temporada regular sem vencer o Clippers ao ser derrotado mais uma vez nesta quinta por 132-111. Lembrando que em todos esses jogos Kawhi Leonard não esteve presente em nenhum deles e Paul George em apenas um.

    A derrota é a quarta consecutiva do Lakers após o intervalo do All-Star Game.

    Embora o time ainda esteja na zona de play-in, com uma campanha de 27-35 e na nona posição, o Pelicans se aproxima perigosamente com 26-36 e até mesmo o desmantelado Blazers com 25-37.

    Na derrota anterior contra o Mavs, LeBron James, que terminou a noite novamente liderando o time com 26 pontos, 8 rebotes e 4 assistências, disse que seria necessário baterem nele, cortar sua cabeça e enterrá-lo a sete palmos antes que ele desistisse da temporada. Talvez tenha sido exatamente o que o Clippers fez ao Lakers na noite de ontem.

    Depois de marcar 14 pontos consecutivos para fechar o primeiro tempo com apenas três pontos atrás do placar, o Lakers voltou perdido do vestiário para permitir 40 pontos do Clippers e somar apenas 18. E apesar do time ter vencido o quarto período por quatro pontos, já era tarde demais.

    “Fomos apenas persistentes e continuamos com o trabalho. Continuaremos tentando encontrar maneiras de vencer com Anthony de fora. Não é algo que não podemos fazer, mas ainda não encontramos.”

    Concluiu o perdido técnico Frank Vogel em sua entrevista pós jogo.

    Em tempo, DJ Augustin marcou três pontos e deu seis assistências em sua estreia com o Lakers, que contratou o veterano para aumentar sua profundidade na armação. O Lakers é o 11º time de Augustin na NBA.

    O Lakers agora tem a sexta de descanso e enfrenta Stephen Curry e o Warriors neste sábado.

    Fala aí!

    Lakers Brasil: Desde 2006, tudo sobre o Los Angeles Lakers

    • Facebook
    • Instagram
    • Twitter