Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    08 de Março de 2022 postado por Renato Campos

    nba_carmelo_explica_porque_lebron_nao_e_reconhecido_como_um_grande_pontuador

    Carmelo Anthony e LeBron James são amigos de longa data. Juntos pela primeira vez nessa temporada com o Lakers, a dupla não tem tido muitos motivos para comemorar, apesar de que cada um deles, esteja fazendo uma temporada bem ao nível que estamos acostumados a ver dos dois.

    Antes da atuação de LeBron James de 56 pontos contra o Warriors no último sábado, o jogador reclamou durante a estreia da nova temporada do seu programa "The Shop", que ele não era reconhecido por conta de sua capacidade de pontuar. Tendo em vista que LeBron esteja próximo de se tornar o maior cestinha da NBA de todos os tempos, realmente o descrédito não faz muito sentido.

    Após aquele jogo, Carmelo falou sobre o desempenho de LeBron contra o Warriors, mas também comentou sobre a reclamação de LeBron:

    “Ele não consegue tudo, cara [risos]. Posso imaginar alguém que pode ser o maior cestinha de todos os tempos da história da NBA que não recebe o crédito de ser um. Mas é assim que funciona, cara. Eles têm que falar sobre alguma coisa. Todos sabemos que ele pode pontuar. Acho que a diferença é que algumas pessoas não são apenas pontuadores somente. Algumas pessoas apenas têm um talento especial e sabem como pontuar e isso só acontece com elas, habilidades e coisas dessa natureza.

    “E então você tem jogadores como LeBron que sabe fazer tudo isso, e é um tipo de jogador totalmente diferente, uma dinâmica diferente. Mas para dizer que ele não é um pontuador quando tem 30.000 pontos, quem fez essas perguntas precisa parar de perguntar.”

    LeBron jogando neste nível aos 37 ano, é algo que nunca vimos antes com outro jogador. Ele falou sobre como conseguiu manter esse nível até hoje.

    "A coisa número 1 é dormir, descansar", disse LeBron. “Obviamente poderei dormir melhor esta noite (sábado) do que nos últimos jogos. Isso é apenas a natureza humana, você tem sua mente correndo e correndo e correndo sobre o que você pode fazer para ajudar o time a vencer, descobrindo maneiras de melhorar.

    “Mas eu durmo bem e durante os dias eu tento tirar uma soneca também, algumas horas, mas também sempre na sala de tratamento, nas banheiras frias congelando, me alongando, comendo direito, colocando a comida certa meu corpo, o combustível certo para poder jogar um jogo menos de 48 horas depois.”

    Fonte: Lakers Nation

    Fala aí!

    Lakers Brasil: Desde 2006, tudo sobre o Los Angeles Lakers

    • Facebook
    • Instagram
    • Twitter