Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    20 de Março de 2022 postado por Renato Campos

    nba_como_o_lakers_vai_tentar_manter_malik_monk_em_seu_elenco

     

    O Lakers fez vários movimentos na offseason que não funcionaram da forma que todos esperavam, porém, a adição de Malik Monk foi um ponto pra lá de positivo. Agora a missão da diretoria é buscar uma forma de manter o jogador na próxima temporada.

    Monk chegou ao Lakers recebendo um salário mínimo e tem colaborado com 12,9 pontos de média, o recorde de sua carreira de cinco temporadas.

    A possibilidade do Lakers dar um aumento para Monk será limitada. Mas Rob Pelinka disse que essa é uma das prioridades do time na offseason.

    "A parceria foi uma vitória de ambos os lados. Tanto para o Lakers, em termos de produtividade, e o que ele tem mostrado que pode fazer em grandes momentos em grandes jogos. Ele é um cara que vemos como parte de nosso futuro."

    Segundo o jornalista Dave McMenamin da ESPN, quando Monk chegou a agência livre no ano passado, apenas três times mostraram interesse no jogador: Lakers, Knicks e Mavericks. E pelo que parece, nenhuma dessas equipes estava disposta a pagar mais do que o salário mínimo da liga.

     

    Dada a temporada que Monk fez pelo Lakers, a procura por seus talentos vai ser maior nesta offseason.

    Depois de quatro temporadas em Charlotte, Monk está jogando melhor do que nunca com o Lakers e é grato que a organização esteja disposta a dar uma chance a ele.

    “Eles depositaram muita confiança em mim. E eu me sinto confortável para entrar em quadra e colaborar.”

    O salário mais alto que o Lakers vai poder oferecer a Monk na offseason provavelmente será de US$ 6,34 milhões. É muito provável que ele consiga ganhar mais em outro time. Porém, seu empresário e irmão Marcus Monk, disse que um retorno ao Lakers é possível

    “Somos pessoas muito leais”, disse Marcus. “O Lakers estava ligando para ele sem parar quando a agência livre foi aberta. Então não nos esquecemos disso. Por outro lado, é um negócio. … Mas eu adoraria vê-lo novamente em um uniforme do Lakers.”

     

    Novo fato muda história no Lakers envolvendo LeBron, DeRozan e Westbrook

    A má construção do elenco do Lakers, aliado a lesões, foram os motivos pelos quais a temporada tem sido um pesadelo em Los Angeles.

    A maioria concorda que negociar por Russell Westbrook foi um grande erro, apesar do jogador não ser o único culpado pelo fiasco do time.

    O que torna essa situação mais complicada, é que o Lakers tinha outras opções para negociar e não as fez.

    A negociação que acabou não acontecendo e que é a mais discutida entre torcedores e analistas, foi a de DeMar DeRozan que acabou levando seus talentos para Chicago. DeRozan não apenas queria jogar pelo Lakers e voltar para casa, mas achava que o acordo estava fechado.

    Poucas semanas atrás, o report do jornalista Chris Haynes do Yahoo Sports afirmou que o motivo pelo qual o Lakers não assinou com DeRozan, foi porque o jogador queria um terceiro ano de contrato, e não apenas dois oferecidos pela diretoria.

    Não dá pra afirmar que uma experiência com DeRozan seria melhor do que com Westbrook. Ajustes também seriam necessários. Mas tendo em vista a má temporada de Russ, DeRozan não teria uma missão muito complicada. Pelo Bulls, DeRozan tem tido médias de 28 pontos, 5,4 rebotes, 5,1 assistências e tem um aproveitamento de 54 por cento em seus arremessos.

    Outro ponto em questão sobre DeRozan, seria o que o Lakers precisaria abrir mão pelo jogador. Segundo o site SB Nation, a diretoria poderia ter enviado apenas Kyle Kuzma e Montrezl Harrell em troca pelo jogador, até então, do Spurs.

    Isso significa que o Lakers manteria por perto um de seus melhores defensores em Caldwell-Pope, e que faria dupla com DeRozan na quadra de armação.

    Fato é que DeRozan poderia ter custado muito menos do que Westbrook e poderia ter permitido o Lakers manter além de KCP, outro role player importante: Alex Caruso.

    LeBron queria DeRozan?

    O ponto mais importante desse report e que seria uma grande novidade, é que LeBron queria DeRozan antes de Westbrook, não o contrário. Haynes contou ainda que LeBron vinha conversando com DeRozan antes de Westbrook. E que pelo fato de que a diretoria não quis dar um terceiro ano de contrato a DeRozan, LeBron acabou escolhendo Westbrook.

    Fato é que o Lakers não ter oferecido um terceiro ano para DeRozan parece um absurdo agora, mas se o experimento com Westbrook tivesse dado certo, não estaríamos falando sobre isso nessa altura do campeonato.

    Vale lembrar, que embora DeRozan tenha números muito interessantes em Chicago, ele dificilmente teria uma média de 28 pontos jogando ao lado de LeBron, e pouco seria uma jogador de decisão como ele é pelo Bulls.

    Atestar que a experiência com Westbrook tenha sido um fracasso, não quer dizer que com DeRozan seria completamente diferente.

    Fala aí!

    Lakers Brasil: Desde 2006, tudo sobre o Los Angeles Lakers

    • Facebook
    • Instagram
    • Twitter