Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    28 de Março de 2022 postado por Renato Campos

    nba_lebron_james_nao_para_de_conquistar_recordes_e_garante_mais_um

    [nobeta][/nobeta]

    Após uma derrota fora dos planos para o Lakers neste domingo contra o Pelicans em Nova Orleans, LeBron James continua sua temporada com mais um recorde para seu legado na NBA.

    Apesar de ter lesionado o tornozelo, LeBron continuou em quadra e terminou a noite com 39 pontos, nove rebotes e sete assistências.

    Recentemente, LeBron passou Malone e se tornou o segundo maior cestinha da história da liga, atrás agora apenas de Kareem Abdul-Jabbar. Ontem, ele deixou Malone pra trás mais uma vez, ao se tornar o jogador com o segundo maior número de cestas convertidas na liga.

    FO5e-P-3-WYAASHu-J

    Antes do jogo, ele tinha uma média de 30 pontos, 8,2 rebotes, 6,3 assistências e um aproveitamento de 52,3 por cento de seus arremessos.

    Embora LeBron esteja fazendo uma temporada digna de MVP, o Lakers vai na contramão do seu grande líder.

    [adgoogle][/adgoogle]

    LeBron James ganha prêmio que poucos gostariam de ter na carreira

    Se LeBron James está fazendo uma temporada de alto nível dentro de quadra, talvez o mesmo não pode ser dito quando se trata de seu papel como ator em Space Jam 2.

    O 42º Prêmio Framboesa de Ouro anual premiou LeBron com o título de “pior ator” por seu papel na sequência de Space Jam. O filme também ganhou prêmios no Razzies para a pior remake, spin-off ou sequência.

    A premiação oferece um olhar irônico anual sobre os filmes considerados por alguns como os piores do ano passado.

    [adgoogle][/adgoogle]

    Ao fazer parte de “Space Jam: A New Legacy”, James seguiu os passos de Michael Jordan, que estrelou o filme original. O filme de 1996 foi lançado quando Jordan ainda estava no auge de sua carreira.

    O próprio LeBron provavelmente não vai afirmar ser um ator excepcional. Sua maior força é claramente ser um dos melhores jogadores da história da NBA, e seu legado final se concentrará nesse aspecto de sua vida.

    De qualquer forma, Space Jam 2 foi um sucesso de bilheteria e alcançou um público que pouco conhecia LeBron antes.

    [adgoogle][/adgoogle]

    LeBron merece estar no mesmo grupo de Embiid, Jokic e Antetokoumpo?

    Embora a temporada do Lakers não tenha sido nada boa, tem sido um período incrível para LeBron James.

    LeBron está em sua 19ª temporada, com uma média de 30 pontos por jogo e uma das melhores em sua carreira.

    Por isso, o técnico do Lakers, Frank Vogel, acha que LeBron merecia ser seriamente considerado para o prêmio de MVP da temporada regular.

    “Ele é tão merecedor da consideração de MVP quanto qualquer um na liga”, disse Vogel após o treino de sexta-feira. “Eu sei como funciona a votação – a equipe com a melhor campanha ou as duas melhores campnhas geralmente recebe a maioria dessas considerações, então o recorde de vitórias e derrotas definitivamente o prejudicaria.

    “Mas você não pode me dizer que alguém jogou uma temporada melhor do que LeBron James este ano.”

    Realmente as chances de LeBron ganhar um prêmio MVP nessa altura do campeonato são praticamente nulas. Mas faria sentido se ele tivesse alguns votos para segundo ou terceiro lugar.

    Atualmente, na corrida pelo prêmio MVP da liga, se destacam os jogadores: Joel Embiid, Nikola Jokic, Giannis Antetokoumpo, Jayson Tatum e Luka Doncic, como os cinco primeiros.

    [premium][/premium]

    LeBron tem uma média de 30,0 pontos por jogo, a melhor da liga atualmente, com 52,3% de aproveitamento, além de 8,2 rebotes e 6,3 assistências por jogo.

    É uma pena o Lakers não estar correspondendo a uma das melhores temporadas de LeBron. Ainda assim, todos devemos admirar os seus feitos e sua busca por levar o time para a pós temporada.

    Por LeBron James, Draymond Green avisa que vai deixar Warriors de lado

    Draymond Green é um cara que fala o que quer, sem pensar duas vezes.

    Essa semana, durante seu podcast, Green abordou a chance de LeBron James passar Kareem Abdul-Jabbar na lista dos maiores pontuadores da história da NBA.

    "Se LeBron tiver a chance de se tornar o maior pontuador de todos os tempos, e nós tivermos um jogo, vou ao jogo do LeBron testemunhar a história. É isso que vou fazer, treinador Kerr."

    [adgoogle][/adgoogle]

    Não duvide que Draymond Green realmente faça isso. Se LeBron tiver a chance de passar Kareem e tiver um jogo marcado para o Warriors, vai ser curioso saber qual vai ser a postura do jogador.

    A ESPN prevê que LeBron vai quebrar o recorde de Kareem na próxima temporada. Jabbar marcou 38.387 pontos em sua carreira, e já comentou sobre o fato de perder o posto de maior pontuador de todos os tempos.

    “Estou animado para ver isso acontecer. Não vejo os recordes como conquistas pessoais, mas mais como conquistas humanas. Se uma pessoa pode fazer algo que nunca foi feito, isso significa que todos nós temos uma chance de fazê-lo. É uma fonte de esperança e inspiração. Todos nós vencemos quando um recorde é quebrado e se LeBron tivere a chance de bater o meu, estarei lá para torcer por ele.”

    [premium][/premium]

    LeBron não quer pensar nisso. Não por enquanto...

    Por outro lado, LeBron disse que não pensará em quebrar o recorde de Abdul-Jabbar depois de passar Malone contra o Washington Wizards.

    "Não vou me permitir pensar nisso. Sempre joguei o jogo do jeito que joguei ao longo dos anos, e essas coisas aconteceram organicamente apenas entrando e jogando o jogo da maneira certa. Espero conseguir isso em algum momento da minha carreira, mas não vou pensar muito nisso.”

    Sem dúvida será um dos grandes momentos da história ver LeBron passar Jabbar e se tornar o maior pontuador da história da NBA.

    [adgoogle][/adgoogle]

    Técnico do Jazz abre o jogo sobre rumores com o Lakers

    Na última semana, o jornalista de longa data Marc Stein, surgiu com um rumor de que o Lakers estaria interessado no atual técnico do Jazz para o lugar de Frank Vogel para o comando do time na próxima temporada.

    Porém, o próprio Snyder conversou essa semana com Andy Larsen, do Sakt Lake Tribune, sobre o tal rumor.

    "Para ser honesto, abordar esse tipo de questão, na minha opinião, é desrespeitoso com as próprias equipes mencionadas. Eu acho que especificamente, esses tipos de discussões também são desrespeitosos com os treinadores. E eu amo os caras que eu treino. Eu amo esses jogadores. E, francamente, meu foco está em nossos caras e nossa equipe."

    [adgoogle][/adgoogle]

    A atitude de Snyder não poderia ser diferente. Com a temporada em curso, não seria nada ético ele afirmar que os rumores de Stein são verdadeiros.

    O rumor de Stein vem em paralelo com a falta de informação sobre seu contrato com o Jazz. O técnico teve a oportunidade de esclarecer esse ponto, mas não o fez.

    “Eu nunca falei sobre meu contrato desde o primeiro dia, e não vou falar. Isso não é algo que vou comentar agora, nem em nenhum momento no futuro."

    [adgoogle][/adgoogle]

    O fato de Snyder comentar que possa ser infundado o rumor de Stein, é uma atitude natural. Mas ele também não negou o que pode acontecer no futuro. É claro que Snyder esta focado na atual temporada, com o Jazz sendo hoje o quarto colocado no Oeste com uma campanha de 45 vitórias e 28 derrotas.

    O futuro definitivamente está em aberto.

    [premium][/premium]

    Armador veterano está de volta ao time de desenvolvimento do Lakers

    O Lakers sofreu bastante com falta de profundidade nesta temporada. Com a lesão de Kendrick Nunn, o time ficou sem um armador de origem que pudesse substituir Russell Westbrook quando ele estivesse no banco.

    Na esperança de corrigir este problema, o Lakers contratou por 10 dias o veterano Darren Collison. No entanto, Collison não fez muito. Em três jogos, ele teve médias de 1,3 pontos e 0,7 assistências em 12,3 minutos por jogo.

    Com o baixo rendimento, a diretoria resolveu não estender seu contrato.

    Porém, parece que Collison tem uma nova chance com a franquia. Segundo o repórter Shams Charania, Collison vai jogar pelo South Bay Lakers na G-League.

    Fontes: O armador free agent Darren Collison está se juntando à afiliada da G League do Los Angeles Lakers - South Bay Lakers (17-9) - na esperança de ajudar o time a um título, além de buscar uma convocação para um time da NBA.

    O armador que esteve fora da liga desde 2019, vai tentar na liga desenvolvimento buscar novamente seu ritmo e quem sabe, encontrar um time na próxima temporada.

    Collison já tem 34 anos e não será fácil encontrar um time que queira investir em um jogador veterano que tem poucos jogos nos últimos anos.

    [adgoogle][/adgoogle]

    Lakers pode não contar com Kendrick Nunn para esta temporada

    Na última semana, reports de que Anthony Davis e Kendrick Nunn trabalhavam "extensivamente" antes dos jogos, para buscar o melhor condicionamento para retornar ao time, deram esperança ao torcedor do Lakers que o time poderia estar totalmente completo para disputar o play-in da NBA.

    Embora Anthony Davis deva estar realmente mais próximo de colaborar novamente com a equipe, as notícias sobre Kendrick Nunn não são das melhores.

    De acordo com Ryan Ward, o técnico do Lakers, Frank Vogel, afirmou que não tem nada de novo em relação a Nunn.

    O armador ainda não jogou uma partida da temporada regular pelo Lakers e vem lidando com uma contusão óssea no joelho.

    [premium][/premium]

    Em fevereiro, Vogel admitiu que havia a possibilidade de Nunn ficar de fora por toda temporada. No mês anterior, o jogador postou uma mensagem para a torcida.

    "Lake Show Eu prometo que quero estar lá fora ajudando minha equipe. Tenha paciência comigo. Esse processo tem sido tão frustrante para mim. Voltarei assim que estiver saudável! Vai valer a pena esperar. "

    Considerando que ele não tenha jogado uma partida essa temporada, é bem provável que Nunn vá exercer sua opção de jogador para a próxima temporada.

    De qualquer forma, o Lakers nunca foi uma franquia que dá detalhes claros da lesão de seus jogadores.

    No entanto, parece cada vez mais provável que Nunn só jogue na próxima temporada.

    [nobeta1][/nobeta1]

    Fala aí!