Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    19 de Abril de 2022 postado por Renato Campos

    nba_como_o_lakers_pode_tirar_terry_rozier_do_hornets_esta_offseason

    [adgoogle][/adgoogle]

    Com os recentes rumores de que o Lakers pode negociar com o Hornets uma troca por Russell Westbrook, ficou claro que o nome de Gordon Hayward não é do agrado da diretoria.

    Como reports apontaram durante a semana, o nome de outro jogador ganhou destaque e soa muito mais interessante para o Lakers.

    “O Hornets têm dois contratos robustos em sua folha salarial que podem funcionar como peças centrais de uma troca por Westbrook em Gordon Hayward e Terry Rozier”, escreveu Sam Quinn, da CBS Sports, nesta semana. “Nas últimas cinco temporadas, Rozier perdeu apenas 19 jogos no total. Hayward superou essa marca em duas vezes mais apenas nesta temporada. Por esse motivo, Stein relata que o Lakers preferiria Rozier como peça central de uma troca com o Hornets do que Hayward”.

    [adgoogle][/adgoogle]

    Rozier é um jogador muito interessante. Em seus melhores dias, ele é uma arma letal no ataque. Ele arremessou 38% de bola de três pontos em sua carreira e não hesita quando se trata de arremessar.

    No papel, Rozier é muito mais adequado para o Lakers do que Westbrook, mas a pergunta que ainda persiste é se o Hornets trocaria o armador. Será que apenas Russell Westbrook seria suficiente para convencer o Hornets? Ou será que o Lakers ainda vai precisar abrir mão de outro jogador na transação que poderia envolver até outro time?

    A offseason está só começando para o Lakers, mas promete ser quente até o final

    [adgoogle][/adgoogle]

    Russell Westbrook revela porque não deu certo com o Lakers

    [adgoogle][/adgoogle]

    Embora Russell Westbrook tenha tido bons momentos durante a sua primeira temporada com o Lakers, o experimento pela maioria foi considerado um fracasso.

    Russ nunca esteve confortável em quadra e não teve a chance de tentar realmente se ajustar ao jogo de LeBron e Davis pela pouca quantidade de jogos que compartilharam dentro de quadra.

    Pela primeira vez, desde que chegou a Los Angeles, Westbrook fez uma análise autocrítica do que realmente deu errado este ano:

    “Era uma habilidade que eu sabia que teria que descobrir. Tipo, sabia que teria muito menos a bola nas mãos, estaria em posição diferente na quadra. E isso fez parte do sacrifício. Então, obviamente, isso fez com que meus números fossem um pouco diferentes, e não com a média de tantos pontos ou com a média de muitas assistências. Então é isso que quero dizer com ser capaz de dimensionar e entender meu desempenho, e meio que vejo onde eu poderia ter feito coisas diferentes.

    [adgoogle][/adgoogle]

    E, obviamente, eu poderia ter tido uma temporada melhor, mas com base nas posições, como jogamos e onde eu estava em quadra, não fui capaz de fazer algumas das coisas que sei fazer. Ano passado tive uma média de triplo-duplo. Então, nada menos do que isso não seria uma boa temporada para mim, aos meus olhos, você sabe o que estou dizendo?"

    O comentário de Westbrook parece confirmar o que muitos na liga comentam sobre seu jogo.

    Westbrook só se preocupa com suas próprias estatísticas?

    Uma das maiores críticas que o jogador recebeu ao longo dos anos é que ele se preocupa com suas estatísticas individuais em detrimento do sucesso da equipe.

    [adgoogle][/adgoogle]

    Com o Lakers este ano, Westbrook foi forçado a aceitar um papel um pouco menor ao lado de LeBron James e Anthony Davis, embora ainda precisassem dele para ter sucesso.

    À medida que a temporada avançava, ficou mais claro que tudo terminaria em desastre total, um número crescente de pessoas opinou que Westbrook estava simplesmente se dedicando a si mesmo e que ele não estava muito interessado em desempenhar qualquer papel que o time precisasse dele.

    O que ainda não se sabe, é se Russell Westbrook vai ter uma nova chance para fazer as coisas de forma diferente.

    [adgoogle][/adgoogle]

    Vogel revela quando percebeu que Westbrook não funcionaria no Lakers

    O tempo de Frank Vogel no Lakers terminou na última segunda, um dia após o time disputar sua partida final na temporada regular da NBA.

    Após uma temporada inteira lidando com lesões e tentando fazer com que as coisas funcionassem com Russell Westbrook, o treinador se abriu em relação ao que realmente acontecia nos bastidores.

    De acordo com o repórter Bill Oram do The Athletic, durante uma aparição no podcast "Locked on Lakers", Vogel revelou que percebeu que as coisas não funcionariam, antes mesmo da temporada começar.

    [adgoogle][/adgoogle]

    “Se você voltar para a matéria que escrevi há uma semana, que tive uma entrevista exclusiva com Frank Vogel. Lembro-me de como lhe fiz esta pergunta. Eu disse: 'Quando foi que isso não seria tão fácil quanto você pensava? Qual foi que o primeiro dominó caiu para que desse tudo errado?” E ele voltou para a pré-temporada e disse que quando Russ e AD jogaram juntos, antes de LeBron entrar em quadra, nada parecia bom.

    “Isso foi antes do Lakers perder um único jogo na temporada regular. Muito revelador, muito contundente e acho que resume as más decisões do Lakers na offseason.”

    [adgoogle][/adgoogle]

    Havia, de fato, dúvidas de que Russell Westbrook funcionaria no momento em que a negociação foi concluída. Mas para o próprio treinador do Lakers, Frank Vogel, testemunhar e decidir que não era plausível desde o início, é certamente um nível diferente de ceticismo.

    [adgoogle][/adgoogle]

    Fala aí!