Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Franklin Sampaio

    18 de Abril de 2022 postado por Franklin Sampaio

    nba_o_clippers_rejeitou_uma_negociacao_por_anthony_davis_

    Quando Anthony Davis solicitou uma troca do Pelicans durante a temporada 2018-19, ele acabou sendo negociado com o Lakers na troca por Lonzo Ball, Brandon Ingram e Josh Hart. Logo depois, Davis conquistou seu primeiro título da NBA.

    Naquela época, o Clippers era um time muito forte e em ascensão na liga. O outro time de Los Angeles acabou trocando por Paul George e assinou com Kawhi Leonard na agencia livre.

    Porém, essa história poderia ser diferente. Segundo o jornalista Colin Cowherd, o Clippers estava ligado a Davis antes de adquirir George do Thunder. Mas Cowherd afirmou também, que o Clippers não tinha interesse em trocar pelo atual jogador do Lakers.

    “Eu tinha uma boa fonte dentro do Clippers que me disse que quando AD estava no mercado, eles não achavam que ele era um líder, um cara durão”, disse Cowherd em seu podcast. “Eles achavam que ele era talentoso e não achavam que ele jogaria por conta das lesões. Eles não achavam que ele treinava o suficiente.

    “A ideia era que todos adoravam AD e o Clippers tinha um elenco muito profundo, um front office muito astuto. Eles não o amavam e a lição era que ele tinha que ser liderado. Ele não podia liderar.”

    Desde que entrou na NBA em 2012 como a primeira escolha geral no draft, Davis não jogou mais de 75 jogos em uma temporada.

    Davis falou sobre suas lesões

    Davis falou sobre as duas lesões que sofreu nesta temporada com Dan Woike do Los Angeles Times. Davis lesionou o ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo em dezembro e sofreu uma entorse no meio do pé direito em fevereiro.

    “Isso é o que eu aprendi sobre lesões. No ano passado, quando eu não estava jogando, as pessoas diziam: ‘AD está desistindo de seu time. São os playoffs! AD tem que jogar. Ele tem que jogar.' E quando eu fui lá para jogar, me machuquei de novo, eles disseram: ‘Quem era o preparador dele? Quem o deixou jogar?'

    “Então, que m**** você quer que eu faça? Quando eu jogo, é um problema. É um problema quando eu não jogo. No final do dia, eu tenho que fazer o que é melhor para mim e como meu corpo se sente. E vamos a partir daí. Não estou preocupado com quem está dizendo o que ou quem pensa isso sobre mim porque nenhum deles pisou na quadra na sua vida. E os que jogaram, deveriam entender. Estas não são pequenas lesões.”

    Fala aí!

    Lakers Brasil: Desde 2006, tudo sobre o Los Angeles Lakers

    • Facebook
    • Instagram
    • Twitter