Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    27 de Abril de 2022 postado por Renato Campos

    nba_um_jogador_que_realmente_ajudaria_o_lakers_em_troca_por_westbrook

    Embora Russell Westbrook ainda possa colaborar em alto nível na NBA, muito provavelmente não vai acontecer em novamente jogando em Los Angeles.

    O Indiana Pacers foi mencionado como um potencial parceiro de trocas que poderia ter interesse no jogador. Pelo lado de lá, os dois jogadores citados como alvos do Lakers, são os armadores Malcolm Brogdon e Buddy Hield.

    Ambos podem ajudar o Lakers imediatamente, mas a equipe já tem alguns armadores talentosos, como Kendrick Nunn e Talen Horton-Tucker, além do promissor Austin Reaves.

    Onde o Lakers realmente precisa de ajuda é dentro do garrafão e especialmente na posição de pivô, para que o próximo treinador não tenha que colocar escalações tão pequenas na próxima temporada.

    O Pacers têm um pivô que pode ajudar o Lakers nesse sentido, se o time de Indiana estiver disposto a negociá-lo. É ai que entra o nome de Miles Turner.

    Não é de hoje que o Lakers tem interesse no pivô. A maior força de Turner é a proteção do aro. Ele teve uma média de 2,8 tocos em 29,4 minutos nesta temporada. Na passada, ele liderou a NBA nessa categoria com 3,4 por jogo.

    Ele também é um reboteiro mediano, com 7,1 de média nesta temporada.

    Mas o que torna Turner ainda mais intrigante para o Lakers é sua capacidade de acertar as bolas de 3 pontos.

    Ele não é um grande arremessador de longa, mas sua média de carreira de 34,9% está próxima da média da liga, e os jogadores adversários não podem deixá-lo aberto o tempo todo.

    Essa habilidade pode permitir que o Lakers jogue bastante aberto ofensivamente e dê a LeBron James e seus outros companheiros, caminhos mais fáceis para a cesta. Historicamente, as equipes que tiveram sucesso com LeBron, estavam abastecidas com jogadores, incluindo de garrafão, que eram arremessadores de fora confiáveis.

    A preocupação com Turner é sua durabilidade. Apesar de ter apenas 26 anos, ele não joga em mais de 70 jogos em uma temporada desde a temporada 2018-19.

    Mas dada a situação do Lakers, a diretoria terá que pelo menos diminuir um pouco seus padrões se acreditar que se livrar de Westbrook é necessário.

    Outro aspecto positivo sobre Turner é que ele tem apenas um ano restante em seu contrato razoável de US$ 18 milhões. Se por algum motivo ele não der certo, ele pode ser negociado, ou mesmo se a diretoria optar por ter mais flexibilidade na offseason seguinte. 

    Fala aí!

    Lakers Brasil: Desde 2006, tudo sobre o Los Angeles Lakers

    • Facebook
    • Instagram
    • Twitter