Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    19 de Maio de 2022 postado por Renato Campos

    caso_ben_simmons_pode_fazer_a_nba_tomar_uma_atitude_em_relacao_a_negociacoes

    O comissário da NBA, Adam Silver, em entrevista a repórter Malika Andrews da ESPN, disse que queria que os jogadores e as equipes honrassem seus contratos até o fim.

    "Do ponto de vista da liga, queremos que as equipes honrem os contratos, queremos que os jogadores honrem os contratos", disse ele. "Não há dúvida de que vamos sentar e conversar sobre isso. Eu sei que podemos fazer melhor. Eu sei que os jogadores querem fazer melhor porque não é um esporte individual. Então, se um jogador está forçando para sair de uma cidade, é um enorme impacto para todos os outros jogadores."


    Enquanto a NBA tem visto cada vez mais grandes jogadores exercerem sua influência para forçar trocas na NBA moderna, Ben Simmons, sem dúvida, levou isso a um novo nível na temporada passada.

    Simmons, em sua sexta temporada e na segunda de um contrato de cinco anos, no valor de US$ 177,2 milhões, solicitou uma troca do Philadelphia 76ers na offseason passada, depois que o Sixers perdeu nas semifinais da Conferência Leste pela terceira vez em quatro temporadas.

    Quando o Sixers não encontrou uma negociação que fosse boa para o time, Simmons não se apresentou ao training camp. Embora ele tenha retornado ao time em outubro, ele foi convidado a deixar um treino por falta de esforço, foi suspenso e permaneceu afastado até ser negociado com o Brooklyn Nets por James Harden em fevereiro.

    Como exemplo mais próximo, Anthony Davis estava no último ano de seu contrato em 2019, quando forçou uma troca para o Lakers, deixando para trás um time do Pelicans que havia chegado aos playoffs apenas duas vezes em sua carreira.

    James Harden estava no segundo ano de uma extensão de quatro anos no valor de US$ 171 milhões, quando forçou uma troca para o Brooklyn Nets no início da temporada 2020-21. Isso aconteceu após o gerente geral Daryl Morey e o técnico Mike D'Antoni deixaram seus cargos, com a sensação nos bastidores de que a janela de título do Rockets provavelmente havia fechado.

    Simmons certamente contrariou essa tendência. O Sixers ainda era considerado um candidato a título, com Joel Embiid, duas vezes vice-campeão na corrida pelo MVP, e uma terceira opção sólida, Tobias Harris, no elenco. O Sixers esteve na pós-temporada todos os anos que Simmons jogou por lá.

    Veremos o que o comissário Adam Silver e a NBA vai fazer em respeito a estes casos daqui pra frente.

    Fala aí!

    Lakers Brasil: Desde 2006, tudo sobre o Los Angeles Lakers

    • Facebook
    • Instagram
    • Twitter