Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    nba_calouro_do_warriors_conquista_recorde_que_lebron_nao_conseguiu

    Jonathan Kuminga foi uma grande surpresa no jogo três da série entre Warriors e Grizzlies neste sábado. Ocupando o lugar do lesionado Gary Payton II, Kuminga conquistou um recorde da NBA com sua primeira partida de playoffs da carreira e ajudou o Warriors a derrotar o time de Memphis.

    Com apenas 19 anos e 213 dias, o calouro do Warriors se tornou o jogador mais jovem da história da liga a começar um jogo na pós-temporada como titular.

    Nem mesmo LeBron James conseguiu atingir essa marca. Mesmo tendo conquistado a liga assim que chegou, foi só no terceiro ano que LeBron conseguiu levar os Cavs aos playoffs. James já tinha 21 anos quando foi titular em seu primeiro jogo na pós-temporada.

    Kuminga aproveitou ao máximo sua oportunidade, marcando 18 pontos em 8-10 arremessos em 17 minutos. Ele ajudou o Warriors a obter uma vantagem de 2 a 1 na série. Apenas um outro jogador marcou 15 pontos em um jogo de playoff quando ainda muito jovem: Kobe Bryant.

    Embora Kuminga esteja em um patamar muito diferente de LeBron e Kobe, o fato do técnico do Warriors, Steve Kerr, ter tanta confiança em seu jovem jogador, podemos esperar um futuro de boas conquistas do garoto.

    Draymond Green cita LeBron James sobre montagem de times campeões

    Não é fácil conquistar um título de NBA. Prova disso, é que várias estrelas passam anos na liga e se aposentam sem ter conquistado um anel. Porém, alguns deles, colecionam o tão sonhado prêmio e podem falar com propriedade sobre o assunto.

    Draymond Green é um deles. E se tem alguém que gosta de dar opinião, é o jogador do Warriors.

    Durante essa semana, Green falou sobre o assunto e mencionou LeBron James como um grande exemplo. Segundo Green, LeBron fez parecer que conquistar um título fosse algo fácil, o que parar ele não é verdade.

    “Aprecio qualquer equipe que possa montar um elenco campeão”, disse Green ao ClutchPoints. “Eu não me importo se você recruta esses caras ou traz esses caras na agência livre. Montar um elenco de campeões é difícil.”

    Green e o Warriors fizeram cinco aparições nas finais da NBA e venceram três vezes. Em quatro dessas cinco viagens, o adversário era uma equipe liderada por LeBron.

    “A última década foi uma espécie de anomalia porque LeBron trocou de camisa”, disse Green. “Mas na maioria das décadas, você geralmente tem duas equipes com uma que ganha o campeonato. É uma coisa muito difícil de fazer. Então aprecio quem pode montar um time campeão.”

    banner-esportudo

    Fala aí!