Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    05 de Maio de 2022 postado por Renato Campos

    nba_os_4_maiores_alvos_do_lakers_nesta_offseason

    [admoney1][/admoney1]

    Se o Lakers quer buscar um título enquanto LeBron James ainda está em atividade em Los Angeles, a próxima temporada pode ser a última chance para isso.

    O time não foi nada bem terminando a temporada regular com a quinta pior campanha do Oeste, o que custou o cargo de Frank Vogel e que levanta a hipótese de que Russell Westbrook não estará por perto quando a próxima offseason terminar.

    Com isso em mente, o site Bleacher Report fez uma lista de três principais nomes que devem ficar fortemente envolvidos com o Lakers nos próximos meses. Vamos dar uma olhada!

    [adgoogle][/adgoogle]

    Malcolm Brogdon e Buddy Hield, Indiana Pacers

    Se o Lakers trocar Westbrook neste verão, a diretoria vai possivelmente precisar envolver suas escolhas de draft para ter sucesso, ou mesmo, algum outro jogador.

    Talvez essa possibilidade seja o motivo pelo qual o Indiana Pacers surgiu como um potencial pretendente por Westbrook, de acordo com Dan Woike, do Los Angeles Times. O Pacers têm alguns contratos altos que pode querer abrir mão, além de poder estar interessado em um jovem jogador como Talen Horton-Tucker.

    Se o Lakers estiver disposto a apostar THT e uma de suas escolhas para se livrar de Westbrook, talvez essa proposta possa ser suficiente para que o time de Indiana abra mão de Malcolm Brogdon e também Buddy Hield.

    Talvez esse seja o melhor cenário de troca que o Lakers possa conseguir na offseason por Westbrook.

    Brogdon, no papel, parece que pode dividir muito melhor a quadra com LeBron, já que ele pode comandar o ataque, e ser uma arma importante como arremessador quando não estiver com a bola. Além disso, Brogdon pode fazer um trabalho sólido na defesa. Já Hield, podemos considerá-lo como um especialista em arremesso que ajudaria no espaçamento no ataque do time.

    [adgoogle][/adgoogle]

    Eric Gordon, Houston Rockets

    O Houston Rockets sempre esteve envolvido em rumores com o Lakers desde que a franquia se posicionou aberta a negociar Westbrook.

    A principio, o Rockets estaria interessado em um acordo envolvendo o armador John Wall. Porém, a franquia do Texas teria pedido uma escolha de draft e a negociação não foi mais a frente.

    Para o Lakers, a diretoria precisaria mais do que o lesionado John Wall para abrir mão de uma escolha de draft. É aí que entra o nome de Eric Gordon.

    Gordon já não é mais um garoto, mas jogou uma de suas temporadas mais eficientes nesta última. Sua aproveitamento de 47,5% marcou um novo recorde na sua carreira, enquanto sua porcentagem de 41,2 de três pontos foi a segunda melhor que ele já teve. Ele é criativo e mantém a bola em movimento no ataque e se sai bem nos confrontos defensivos.

    [adgoogle][/adgoogle]

    Gordon Hayward, Charlotte Hornets

    O Charlotte Hornets é outro time que Dan Woike ligou a Westbrook. Não está totalmente claro por que, já que eles têm LaMelo Ball crescendo a cada dia na armação do time.

    Michael Jordan é fã do basquete de Russ, que é um atleta da Jordan Brand. Talvez ele queira ver o que o armador pode contribuir no seu time. Talvez no papel certo, o estilo de jogo de Westbrook pode se encaixar no estilo de jogo acelerado do Hornets.

    Por outro lado, o Hornets pode ver o contrato expirante de Westbrook como uma saída para se livrar dos US$ 61,6 milhões do lesionado Gordon Hayward.

    E por falar em lesão, ter o nome de Hayward mencionado com o Lakers é uma preocupação. Dado os problemas que o time teve essa temporada e a propensão de Anthony Davis ficar mais fora do que dentro de quadra, ter outro jogador que vive no departamento médico não deve ser a intenção da diretoria.

    Hayward pode valer o risco? Talvez. Quando saudável, Hayward faz tudo o que você gostaria de uma terceira opção: ele arremessa bem, sabe movimentar a bola e também pode colaborar defensivamente.

    Ele já nao é o mesmo jogador de anos atrás, mas se seu corpo cooperar, ele ainda pode ser uma boa adição para qualquer equipe.

    [adgoogle][/adgoogle]

    Fala aí!