Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Franklin Sampaio

    17 de Maio de 2022 postado por Franklin Sampaio

    nba_patrick_beverley_quer_ainda_ser_um_laker_e_jogar_com_lebron_james

    Patrick Beverley é um daqueles caras que ou você o odeia, ou você o ama por conta de que ele defende a camisa do seu time com unhas e dentes. Beverley já jogou em Los Angeles, mas no outro time da cidade, e é por esse motivo que talvez ele não seja a pessoa mais agradável para nós torcedores do Lakers.

    Depois de jogar pelo Clippers, Beverley encontrou um novo lar em Minnesota e mesmo mais longe, nesta temporada fez questão de contar pra todo mundo o que ele achava do Lakers e Russell Westbrook.

    Trash talk talvez seja o que Beverley faz de melhor.

    Porém, esse caso de ódio pode demonstrar um outro lado escondido no coração amargurado do jogador. Durante o programa "This Just In" da ESPN nesta segunda-feria, Beverley foi perguntado se ele gostaria de jogar com LeBron no Lakers, e sem pensar duas vezes, o jogador afirmou que "nem hesitaria" em voltar para Los Angeles.


    Se você for bom de memória, Beverley foi selecionado pelo Lakers na segunda rodada do Draft da NBA de 2009 como a 42ª escolha geral, mas seus direitos foram negociados com o Miami Heat. Em 2019, segundo o site SB Nation, o Lakers parecia ter interesse no jogador, mas nada foi pra frente.

    Ainda segundo o SB Nation, LeBron e Beverley tiveram um encontro na semana passada como parte de um evento da marca de tequila do jogador do Lakers.

    Com grande identificação com a torcida de Minnesota, Beverley assinou uma extensão de um ano no valor de US$ 13 milhões para se manter por lá.

    Isso descarta praticamente uma chance de curto prazo para que o jogador polarizador jogue realmente no Lakers. Porém, em 2023, Beverley será um agente livre.

    Fato é, que o desejo de Beverley em jogar pelo Lakers não deve ser realizado realmente. E se fizermos uma enquete, talvez uma boa parte dos torcedores possam não gostar muito dessa ideia também.

    Fala aí!