Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    08 de Maio de 2022 postado por Renato Campos

    nba_phil_jackson_nao_e_bem_recebido_por_todos_no_lakers

    Muitos nomes surgiram na última semana como treinadores que foram entrevistados para o cargo de comando do Lakers na próxima temporada.

    Já é de conhecimento de todos, que Phil Jackson tem um papel crucial na escolha do novo treinador, colaborando com o Lakers diretamente neste momento.

    Porém, apesar de todo seu sucesso como treinador, a opinião de Phil Jackson não é bem-vinda por todos em Los Angeles. Segundo o jornalista Sam Amick, do The Athletic, alguns estão torcendo o nariz com a ideia.

    "Não se engane, existem pessoas poderosas próximas ao Lakers que não estão empolgadas com a realidade de que a voz de Jackson está sendo levada em consideração quando ele não tem uma posição formal na franquia. Goste ou não, Buss confiou em esse tipo de conselho informal de pessoas em quem ela confia há anos. Foi o caso de Kobe Bryant antes de sua morte e teve tudo a ver com a escolha de contratar seu ex-agente, o vice-presidente de operações de basquete do Lakers Rob Pelinka, em fevereiro de 2017, ", disse Amick.

    Embora Jackson não trabalhe para o Lakers formalmente, ele é uma pessoa de confiança da diretoria . A busca por um novo treinador continua e o Lakers provavelmente analisará todos os candidatos possíveis antes de termos uma decisão.

    Lakers entrevista dois grandes nomes para a vaga de técnico do time

    Na busca por um novo técnico para comandar o Lakers na próxima temporada, nomes surgem toda semana para suprir o espaço deixado após a demissão de Frank Vogel. E parece que o Lakers não está perdendo tempo.

    Segundo o jornalista Shams Charania, do The Athletic, o Lakers entrevistou Mark Jackson essa semana. Em paralelo, Adrian Wojnorowski, da ESPN, relatou que o Lakers também teria entrevistado Terry Stotts para a posição.

    Stotts chegou aos playoffs em oito temporadas consecutivas com o Blazers, incluindo duas idas para as semifinais da conferência e uma vaga nas finais da conferência.

    Não há dúvida de que qualquer um deles seria uma escolha sólida para a franquia. Terry Stotts fez do Portland Trail Blazers um time consistente de playoffs durante seu tempo por lá, e seria interessante ver o que ele poderia fazer com Davis e LeBron. Mark Jackson também foi um técnico de trabalho consistente no Warriors, desempenhando um papel crucial no desenvolvimento de jogadores como Draymond Green, Klay Thompson e Stephen Curry. Anteriormente, foi reportado que LeBron James estava entusiasmado em poder trabalhar com Mark Jackson na posição.

    Resta saber quem o Lakers vai acabar selecionando como treinador principal, e é provável que entrevistem outros candidatos em um futuro próximo. Essa decisão é incrivelmente importante para a franquia, e é justo supor que eles levarão seu tempo escolhendo o candidato certo.

    Ao contrário que muitos disseram ultimamente, saber que treinadores do calibre de Jackson e Stotts estejam ligados oficialmente com o Lakers, mostra que apesar do fracasso do time na última temporada e as más decisões da diretoria, treinar o Lakers ainda é um objetivo grandioso na carreira de qualquer treinador.

    Fala aí!