Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    21 de Junho de 2022 postado por Renato Campos

    nba_pacers_rejeita_proposta_do_lakers_envolvendo_westbrook_e_talen_horton-tucker

    O Lakers teria oferecido Russell Westbrook, Talen Horton-Tucker e uma escolha de primeira rodada do draft de 2027 para o Indiana Pacers por Malcolm Brogdon, de acordo com Jonathan Givony da ESPN no podcast Lowe Post.

    Essa oferta teria sido rejeitada pela diretoria de Indiana.

    Ao contrário do que foi reportado recentemente, o Lakers parece sim estar tentando negociar Russell Westbrook antes do draft que acontece nesta quinta.

    A proposta do Lakers leva a crer que a diretoria acreditava que como o time de Indiana está em modo de reconstrução, um contrato expirando de Russ e mais um jovem talento como THT, fosse atrativo.

    Porém, a presença de Tyrese Haliburton, que o Pacers adquiriu do Kings antes do prazo final de trocas em fevereiro, pode ter sido um dos motivos pela recusa. O armador de 22 anos foi muito bem na última temporada com 17,5 pontos e 9,6 assistências por jogo e tem potencial para ter uma grande carreira na liga.

    Adquirir Westbrook aparentemente atrapalharia Haliburton ser o comandante da armação dessa equipe.

    O Lakers está tentando se recuperar depois de terminar em 11º na Conferência Oeste com uma campanha de 33-49. O Pacers tem interesse em negociar Brogdon e também Miles Turner, e entrar em modo de reconstrução depois de uma campanha de 25-57 no ano passado.

    Hornets teria oferta pronta para negociar por Russell Westbrook

    Um dos únicos times que demonstraram interesse em negociar por Russell Westbrook, foi o Charlotte Hornets. E pelo que parece, o time de Michael Jordan ainda pode querer fazer uma jogada pelo armador.

    Embora pouco tenha se falado sobre o assunto, e ainda mais com o rumor de que o Lakers estaria interessado em Kyrie Irving, ele voltou a mesa nesta semana por conta de um report do insider Kevin O'Connor do The Ringer.

    "O interesse por Russell Westbrook que Marc Stein relatou meses atrás é real. Embora Westbrook faça pouco sentido como jogador ao lado de Ball, ele tem um contrato expirando e o Hornets pode estar abrindo os cofres para o agente livre restrito Miles Bridges, além da extensão de LaMelo Ball estar chegando. É um bom momento para movimentar algum outro salário de longo prazo (por exemplo, Gordon Hayward e Terry Rozier) para um contrato próximo ao fim de Russ. Eles também podem explorar um upgrade de sua escolha no draft para o top 10. Não importa o que aconteça, o Hornets deve priorizar encontrar um jogador pontuador que possa complementar LaMelo. Bridges é bom. Com ele ou não, o Hornets precisa de alguém."

    Uma troca de Gordon Hayward e Terry Rozier por Russ economizaria uma boa grana para o Hornets no futuro de curto e longo prazo. Na próxima temporada, o Hornets economizaria US$ 4,4 milhões e depois deixariam de pagar o salário de Westbrook quando ele se tornar um agente livre após a próxima temporada. Hayward e Rozier devem faturar cerca de US$ 54,7 milhões combinados no próximo ano. O contrato de Rozier vai até a temporada 2025-26, no valor de US$ 24,9 e US$ 26,6 milhões nos dois últimos anos, enquanto Hayward deve faturar US$ 31,5 milhões em 2023-24, o último ano de seu contrato.

    Embora cada um tenha contratos robustos e muita cobrança de todos os lados por conta disso, ambos foram produtivos em Charlotte. Na temporada 2020-21, ambos jogaram muito bem no primeiro semestre. Os problemas de lesão de Hayward são evidentes, mas Rozier tem sido um companheiro consistentemente sólido para LaMelo Ball.

    greenrun_banner

    Nas últimas duas temporadas, Rozier teve uma média de 20,9 pontos, 4,6 assistências e 4,6 rebotes, enquanto teve aproveitamento de 44,7% de seus arremessos, sendo 38,1% da linha de 3 pontos.

    Se essa negociação realmente acontecer, será um acordo impulsionado por questões financeiras. Ao negociar Hayward e Rozier, o Hornets liberaria mais de US$ 106 milhões que poderia ser comprometido com Miles Bridges, LaMelo Ball e P.J. Washington, todos os quais devem entrar na agência livre ou se tornar elegíveis para extensão nos próximos dois anos.

    Por outro lado, essa quantidade gigante de grana chegando à folha salarial do Lakers não seria ideal para a flexibilidade de elenco a longo prazo. Sem pensar em dinheiro, a adição de Rozier e Hayward melhoraria significativamente as chances do Lakers no que pode ser a última temporada de LeBron James em Los Angeles.

    Fala aí!